Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
OXIGÊNIO

Novo Airão recebe usina de oxigênio para atender a demanda hospitalar do município

A usina de oxigênio foi um pedido ao Governo do Estado há um tempo atrás para atender a demanda local, mas por existir municípios de maior distância da capital e de difícil acesso, foi dado prioridade à eles



FB_IMG_1621177263409_B01ADEE7-1346-4C3E-B820-61C647D9E5B4.jpg Foto: Divulgação
16/05/2021 às 11:26

Município de Novo Airão (190 quilômetros distante da capital) é uns dos 30 municípios do estado a ser contemplado, por meio do Governo do Estado do Amazonas com usina de oxigênio.

A usina de oxigênio, de acordo com o prefeito, Federico Jr, foi um pedido ao Governo do Estado há um tempo atrás para atender a demanda local, mas por existir municípios de maior distância da capital e de difícil acesso, foi dado prioridade à eles.



"Mais uma conquista para o nosso municipio, assim que começou a falta de oxigênio no estado procurei o governador e fiz uma solicitação de uma usina naquele momento ele não pode atender ao pedido, mas hoje, honrando com o compromisso com o nossa população, foi enviada uma usina para nosso município", contou o prefeito.

No período mais cruel da pandemia, tanto em 2020 quanto no começo de 2021, Novo Airão foi um dos municípios que tomou ações rigorosas para conter o aumento de casos de covid-19, e hoje também é um dos municípios que tem consigo manter o controle sobre os números de contaminados.

Prefeito ressaltou também o comprometimento do Governo do Estado com os interiores do Amazonas. "Quero agradecer ao governador, Wilson Lima, pela a preocupação com o interior do estado, e vem trabalhando muito forte no combate a pandemia", agradeceu e comemorou o prefeito pela a usina que irá atender a demanda hospitalar local.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.