Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Notícias

Novo Aleixo ganha passarela provisória no lugar de ponte que foi levada pela enxurrada

De acordo com a Seminf outras duas pontes de concreto serão instaladas no local para facilitar a passagem dos moradores



1.jpg Ponte provisória foi instalada no final de semana, no bairro Novo Aleixo
29/02/2016 às 18:49

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) construu uma passarela provisória para os moradores dos bairros Novo Aleixo, na Zona Norte, e Tancredo Neves, na Zona Leste, que estavam passando por dentro do Igarapé do Mindu para travessar de um ponta a outra, conforme mostrou A Crítica na semana passada. A nova ponte começou a funcionar no último sábado.

De acordo com a Seminf, embora tenha sido instalada durante o final de semana, a passarela está em fase de conclusão, faltando apenas alguns serviços pontuais como a pintura da estrutura no entanto, os trabalhos não impedem a utilização do acesso que beneficia, principalmente, os alunos das escolas próximas. O serviço será finalizado hoje.

Construída no local que abriga as obras do Corredor Ecológico do Mindu, a nova passarela será usada provisoriamente pelos moradores até que duas pontes de concreto sejam finalizadas, segundo o engenheiro responsável pela obra, Leonardo Lira, do Consórcio Mindu.

Ponte definitiva

Segundo Lira, a passarela atual oferece mais segurança aos pedestres. "Nos preocupamos em construir um acesso mais elevado para prevenir que situações como essas ocorram novamente. A nova estrutura garante total segurança aos moradores da área" disse ele. Para evitar que enxurradas danifiquem o acesso dos moradores, a ponte provisória possui 1,5 metro de altura, 20 metros de comprimento e 1 metro de largura. A pista metálica e o guarda-corpo, soldados fora do canteiro de obra, já estão devidamente instalados.

Ainda conforme o engenheiro, nos próximos meses a passarela provisória será substituída por duas pontes definitivas que já estão em construção. As novas pontes de concreto têm passagens para pedestres e veículos. Cada uma terá 51 metros de comprimento por 10,80m de largura.

As bases já foram instaladas e as vigas de sustentação para a conclusão da ponte estão sendo confeccionadas fora do local da obra. São pré-moldadas e, portanto, assim que finalizadas serão colocadas (ficando pendente apenas serviços de acabamento). O prazo de lançamento das vigas é de 90 dias.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.