Publicidade
Cotidiano
Notícias

Novo formato do Portal do CNJ facilitará acesso a informações sobre tribunais

O novo visual será lançado  dia 29. O coordenador de Comunicação Institucional do CNJ, Tarso Rocha, o objetivo da mudança é dar mais visibilidade aos serviços prestados pela Justiça brasileira no portal do Conselho, que obteve mais de 32 milhões de páginas visualizadas nos últimos dois meses  25/01/2013 às 19:58
Show 1
Outra novidade é a publicação, em tempo real, das notícias das assessorias de comunicação dos tribunais estaduais, mas também dos órgãos da Justiça do Trabalho, Eleitoral e Federal
Manuel Carlos Montenegro/ Agência CNJ de Notícias ---

O novo leiaute do portal do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que será lançado em 29 de janeiro, privilegia o acesso a informações sobre os tribunais e oferecerá arquivos de áudio, imagem e vídeo produzidos pelas próprias Cortes em todo o País. Uma seção especial multimídia foi criada para divulgar as campanhas institucionais da Justiça.

Outra novidade é a publicação, em tempo real, das notícias das assessorias de comunicação dos tribunais estaduais, mas também dos órgãos da Justiça do Trabalho, Eleitoral e Federal. A ferramenta RSS vai permitir capturar e exibir na capa do portal do CNJ todos os conteúdos jornalísticos à medida que são publicados nos vários sites dos tribunais em todo o Brasil.

Para o coordenador de Comunicação Institucional do CNJ, Tarso Rocha, o objetivo da mudança é dar mais visibilidade aos serviços prestados pela Justiça brasileira no portal do Conselho, que obteve mais de 32 milhões de páginas visualizadas nos últimos dois meses. “Com a nova disposição do nosso portal, vai ficar mais fácil para o internauta pesquisar o que os tribunais produzem, em termos de comunicação, pois vamos concentrar essas informações e produtos em um só lugar”, explica.

Outra mudança que vai ajudar o internauta a encontrar o que procura no Portal do CNJ é uma ferramenta de navegação que exibe os conteúdos de determinada seção sem que seja necessário entrar nela. “Bastará passar o cursor em cima do título da seção para saber tudo o que ela contém”, afirma Rocha.

Publicidade
Publicidade