Publicidade
Cotidiano
Notícias

Novos investidores procuram mercado de Manaus

Perfil do consumidor local motiva grandes empresas a investirem na abertura de lojas e na melhoria de serviços, que é exigida pelos clientes físicos e também pelos 'virtuais' 18/05/2013 às 17:01
Show 1
Marcelo Marques, Victor Noda e Mário Fernandes, da Mobly, estudam a intalação de um centro de distribuição
Olívia de Oliveira Manaus

O potencial de consumo do manauara no segmento de móveis vem despertando a atenção de empresas que atuam no País inteiro. Duas delas, a Unicasa Móveis (dona da marca Dell Anno) e a loja virtual Mobly divulgaram na última semana suas novas estratégias de atuação no mercado local.

 O diretor presidente da Unicasa Móveis, Frank Zietolie, veio à cidade para falar sobre a inauguração da primeira loja própria da grife Dell Anno na capital, prevista para início de julho. Além de Manaus, a outra capital que receberá novas lojas da marca premium será São Paulo, onde serão instaladas cinco unidades novas até dezembro.  

Vendas dobraram  
Nos cinco primeiros meses de 2013, a Mobly registrou um aumento de mais de 130% em suas vendas no Estado. Ao perceber o potencial de consumo no segmento, a empresa - que lidera o e-commerce de móveis, decoração e acessórios para a casa no País - planeja agilizar seu sistema de distribuição para os clientes do Estado.


Segundo Victor Noda, que divide a presidência da empresa com Marcelo Marques e Mario Fernandes, uma das estratégias que a marca deverá utilizar será o envio do produto direto do fornecedor, barateando ainda mais os custos e prazos de entrega.
“Estamos estudando também a criação de centros de distribuição para atender a Região Norte e Nordeste. Não temos os lugares definidos ainda, mas Manaus poderá ser uma das cidades privilegiadas”, adiantou.

O recurso para realizar os investimentos já existe. Isso porque a Mobly acaba de receber um aporte de US$ 10 milhões do gigante venezuelano Cisneros, um grupo de telecomunicações com operações em mais de 130 países. Parte deste montante será investido em melhorias do seu sistema logístico e o Amazonas será beneficiado.

Para Vitor Noda, a compra online se torna interessante no Estado porque supre a lacuna de opções deixada pelo varejo tradicional, já que grandes marcas nacionais ainda não desembarcaram por aqui. E dentre os mais de 45 mil produtos disponíveis no catálogo da Mobly, a categoria “sofá”, com 450 modelos, é a mais comprada pelo público local.

Publicidade
Publicidade