Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
POLÍTICA

Número de urnas eletrônicas substituídas chega a 1.695, informa TSE

O estado com mais urnas com defeito é Minas Gerais (438), segundo o Tribunal Superior Eleitoral



justi_a_CF349CB9-F6F2-468B-83C9-50C130723FC8.JPG Foto: Divulgação
07/10/2018 às 17:39

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou às 17h45 que chegou a 1.695 o número de urnas eletrônicas que apresentaram defeito e precisaram ser substituídas em todo o país. Isso representa 0,33% do total de urnas utilizadas no pleito deste ano.

Até o momento, apenas um município, Três Coroas (RS), passou a adotar a votação manual, segundo o tribunal.



Os estados com o maior número de urnas substituídas até agora são Minas Gerais (438), Pernambuco (192), São Paulo (163), Rio de Janeiro (145), Sergipe (90), Rio Grande do Sul (82) e Rio Grande do Norte (53).

Prisões

A Justiça Eleitoral também registrou a prisão de dois candidatos: um em São Paulo, por propaganda eleitoral, que é proibida no dia da eleição; outro no Rio Grande do Sul, por fazer boca de urna. no total, 177 pessoas foram pessoas foram presas até o momento.

Ao todo, 147.302.357 brasileiros estiveram aptos a escolher o presidente da República, os governadores de 26 estados e do Distrito Federal, 54 senadores, 513 deputados federais, 1.035 deputados estaduais e 24 deputados distritais.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.