Publicidade
Cotidiano
Notícias

OAB/AM promove Fórum para discutir os problemas raciais

evento tem como objetivo debater com representantes das secretarias municipais e estaduais os problemas raciais e as políticas públicas direcionadas à população negra do estado, nas áreas de educação, saúde, segurança e trabalho 17/09/2015 às 11:45
Show 1
O evento terá a presença do presidente da Comissão Nacional da Verdade da Escravidão Negra no Brasil da OAB, Humberto Adami
acritica.com ---

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Amazonas (OAB/AM), promove nesta sexta-feira (18), o I Fórum Racial Dr. Nestor Nascimento. O evento tem como objetivo debater com representantes das secretarias municipais e estaduais os problemas raciais e as políticas públicas direcionadas à população negra do estado, nas áreas de educação, saúde, segurança e trabalho. O Fórum que está sendo organizado pela Comissão da Promoção da Igualdade Social, acontece no auditório da sede da Ordem, na avenida Umberto Calderaro, a partir das 13h. O evento terá a presença do presidente da Comissão Nacional da Verdade da Escravidão Negra no Brasil da OAB, Humberto Adami.

Segundo o presidente da Comissão, Adjailson Figueira, todos os estudos recentes apresentam números ainda desfavoráveis à população negra em todo país, e o Amazonas caminha entre os estados com maior índice de desigualdade nas relações inter-raciais. “A taxa de mortalidade neonatal entre a população negra ainda é crescente, da mesma forma que é grande o número de prisões de negros, sobretudo jovens. Todos os demais indicadores refletem esta mesma situação, como salário, expressão cultural, educação”, disse.

Para o presidente da Comissão, é fundamental que se discuta as ações de combate ao racismo e a criação de políticas públicas para a população negra do Estado.

O presidente explica que no evento será elaborado um documento com os posicionamentos e compromissos das secretarias para o enfrentamento dos problemas. “A OAB, historicamente, atua na defesa dos direitos dos cidadãos, principalmente aqueles excluídos. O Fórum, é mais uma oportunidade para cobrarmos do poder público políticas que atendam as necessidades dessa que representa uma grande parcela da população”, ressaltou.

Foram convidados para o evento, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Secretaria de Estado e Educação (Seduc), Secretaria Estadual de Saúde (Susam), Secretaria de Cultura do Amazonas (Sec), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e Polícia Militar.

*Com informações da assessoria de comunicação

Publicidade
Publicidade