Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Notícias

Obra do Shopping Popular do Terminal 4 (T4) atinge 85% dos trabalhos concluídos

Os camelôs que irão ocupar o Shopping são os  realocados das ruas e  atualmente estão nas galerias  Floriano Peixoto 1 e Epaminondas



1.jpg Operários se concentram agora na fase de acabamento do centro comercial, que deverá ser entregue no mês de abril
23/02/2016 às 19:28

Com 85% dos trabalhos concluídos o Shopping Popular do Terminal 4 (T4), localizado na avenida Camapuã, deverá ser entregue em abril. A grande estrutura promete beneficiar centenas de camelôs  que terão lojas padronizadas em um espaço com muitos atrativos para a comunidade e consumidores.

A previsão de entrega foi feita pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e contraria a última fala do prefeito Arthur Neto, que estimou a inauguração para março.

Os camelôs que irão ocupar o Shopping são os  realocados das ruas e  atualmente estão nas galerias  Floriano Peixoto 1 e   Epaminondas. Uma minoria está aguardando em casa. O empreendimento vai abrigar mais de 800 camelôs.

Conforme informações da Subsecretaria Municipal do Centro Histórico (Subsemch), todos os ex-camelôs já foram comunicados, inclusive fazem o acompanhamento com visitas à obra. Eles irão ocupar os espaços a partir da data de entrega da obra.

De acordo com o subsecretário de Obras Públicas da Seminf, Antônio Nelson, boa parte dos serviços nessa fase concentra-se nos  acabamentos, quando  os detalhes são percebidos com menor frequência, pois  a parte estrutural  foi finalizada.

“Esse empreendimento terá impacto positivo não apenas para os microempreendedores que terão um local com total infraestrutura para suas vendas, mas também para à população que reside no entorno”, enfatizou o subsecretário.

Nelson afirma ainda que as obras seguem em ritmo intenso e os serviços na área externa contará com a pavimentação de toda a área e terá ainda pista de caminhada.

“Um espaço de serviços e comércio que vai disponibilizar, ainda, uma estrutura para o lazer é algo que vai atrair os moradores daquela área. Ganham os microempreendedores e à população”, destacou.

O subsecretário disse ainda que o diferencial  é que o shopping possui diversos serviços agregados. “Ele está localizado em uma área com franco potencial econômico, a Zona Leste, e  possui diversas possibilidades financeiras e de negócios”, completou.

De acordo com a Seminf, das obras na área interna foram realizados os serviços de gesso, também a pintura nos boxes e lanchonetes. Foi feito ainda o revestimento dos banheiros próximo ao Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), montagem da tubulação de incêndio (sprinklens) e montagem da infraestrutura elétrica e acabamentos dos boxes.

Toda a fachada fabricada em brise industrial garante a permeabilidade visual do interior para o exterior e ao mesmo tempo protege contra a entrada da incidência direta da radiação solar e o empreendimento, de aproximadamente 15 mil metros quadrados, ganha mais cara de shopping popular, que abrigará mais de 300 lojas previstas na primeira etapa.

Escadas rolantes e elevadores também já foram instalados e a Prefeitura segue com o trabalho de armação estrutural final dos boxes no pavimento do segundo andar.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.