Publicidade
Cotidiano
NO INTERIOR

Obras de saneamento de lagoas em Maués devem ser concluídas em dois anos

Trabalhos estavam parados desde 2012 e foram retomados este mês. Cerca de 200 famílias da região devem ser beneficiadas pelo Prosai 27/03/2017 às 10:02
Show whatsapp image 2017 03 27 at 07.17.52
Lançamento da obra foi feito no último sábado (Foto: Divulgação)
acritica.com* Manaus (AM)

Lançadas oficialmente no último sábado, as obras do Programa de Saneamento Integral (Prosai) em Maués, município que fica a 317,3 quilômetros de Manaus, devem durar dois anos.

O projeto vai recuperar as Lagoas do Donga Michilles, Prata e Maresia, com ações de requalificação urbanística, sistema de abastecimento de água, esgotamento sanitário e urbanização, praças, estrutura para feiras, exposições e construção de ciclovias.

A obra será financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com US$ 10,5 milhões de contrapartida do Governo do Amazonas. Na solenidade, o governador José Melo (Pros) destacou a importância do investimento em Maués, um dos municípios do interior que tem fortes atrativos turísticos.

“O Prosai é uma obra importantíssima para o município de Maués, pois além de gerar emprego e renda para a população, vai também transformar e modificar as lagoas que hoje estão totalmente poluídas. Esses lugares vão se tornar pontos de lazer e turismo, que vão atrair os olhares de todo o mundo para Maués.”, ressaltou o governador.

As obras do Prosai que ficaram paradas por anos, desde 2012, foram retomadas agora. “É um momento muito especial, pois o Prosai vai mudar a cara do município e as expectativas de negócio. Quero agradecer ao governador que veio aqui ajudar a desenterrar essa obra que muitas pessoas pensavam que não aconteceria mais.”, disse o prefeito Junior Leite.

O Programa de Saneamento Integral (Prosai) deve beneficiar mais de 200 famílias que moram nas Lagoas do Donga Michilles, Prata e Maresia, além da área indígena do Marau, com a construção de 13 poços artesianos.

No ultimo dia 15 de março, começaram os trabalhos no canteiro de obras, como a colocação dos tapumes para o isolamento da primeira frente de obra na Lagoa da Maresia, que tem uma área de aproximadamente 22 mil m².

A Lagoa da Maresia será a primeira das três lagoas do município a receber as ações desse grande projeto que tem cunho social, ambiental e turístico.

*Com informações de assessoria 

Publicidade
Publicidade