Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
GOVERNO BOLSONARO

Onyx é nomeado ministro extraordinário para coordenar equipe de transição

Onyx já foi anunciado por Bolsonaro como futuro ministro-chefe da Casa Civil de seu governo. Ele iniciou na semana passada as conversas com o atual chefe da pasta, Eliseu Padilha



ministro_agora_mudar_77D1F347-0F14-4D65-8E69-0BBE7E396904.JPG Onyx Lorenzoni durante uma entrevista com a Reuters em Brasília (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
05/11/2018 às 09:35

O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) foi nomeado ministro extraordinário pelo presidente Michel Temer para coordenar a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro, de acordo com decreto publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

A nomeação tem data de 1º de novembro, mas foi publicada apenas nesta segunda.



Onyx já foi anunciado por Bolsonaro como futuro ministro-chefe da Casa Civil de seu governo. Ele iniciou na semana passada as conversas com o atual chefe da pasta, Eliseu Padilha, para dar início à transição.

Está previsto para quarta-feira um encontro entre Bolsonaro e Temer para um “ato simbólico” do início do processo de transição, e o presidente eleito prometeu em publicação no Twitter na manhã desta segunda-feira que as informações obtidas serão divulgadas para a população.

“Esta semana damos mais um grande passo com o início do funcionamento do grupo de transição de governo, absorvendo informações para restruturação do Brasil. Em Brasília, teremos acessos iniciais a números e informações que serão passadas aos brasileiros”, disse Bolsonaro na rede social.

No sábado, uma fonte ligada à equipe de Bolsonaro disse que os integrantes da transição que começam a trabalhar nessa semana em Brasília vão mergulhar fundo nos dados do atual governo para buscar zerar o déficit fiscal já em 2019 e garantir o equilíbrio fiscal de forma sustentada ao longo dos próximos anos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.