Publicidade
Cotidiano
Notícias

Operação Cunhantã: Professor suspeito de exploração sexual é preso em São Gabriel

O delegado federal Fábio Pessoa, responsável pela operação, disse que o professor não reagiu à prisão. Ele era o último suspeito solto 28/05/2013 às 11:20
Show 1
Participam da operação 45 policiais federais, que contam com o apoio do Exército Brasileiro
ACRITICA.COM ---

Agentes da Polícia Federal (PF) capturaram o último suspeito foragido da “Operação Cunhantã”. A prisão dele ocorreu na comunidade Mutum, no município de São Gabriel da Cachoeira (a 1.118 km de Manaus).

O suspeito, que é professor da rede de ensino do Estado, foi ouvido nesta segunda-feira (27) na sede da PF, no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste. O delegado federal Fábio Pessoa, responsável pela operação, disse que o professor não reagiu à prisão. Ele contou aos agentes federais que estava naquela comunidade a trabalho.  Além dele, outros nove suspeitos de exploração sexual de meninas indígenas foram detidos na operação deflagrada no último dia 22 no município.

O delegado contou que para chegar ao local onde foi detido o último suspeito foi preciso enfrentar duas horas numa pequena embarcação. De acordo com as investigações, aproximadamente 30 índias com idades entre 10 e 16 anos foram vítimas do grupo. A Secretaria de Educação (Seduc) ainda não foi notificada.

Publicidade
Publicidade