Domingo, 26 de Janeiro de 2020
Presente Seguro

Operação do Ipem fiscaliza materiais e alimentos natalinos em Manaus

Em média, 120 estabelecimentos serão fiscalizados diariamente até o dia 18 de dezembro



ipem_1EDE5130-3651-4BB2-B837-54308075F752.JPG Foto: Sandro Pereira
04/12/2019 às 21:18

Para verificar a procedência de materiais e alimentos vendidos neste período de fim de ano, a operação “Presente Seguro” iniciou nessa quarta-feira (4) em Manaus. Durante a ação, uma média de 120 estabelecimentos comerciais de toda a Região Metropolitana serão fiscalizados diariamente, até o dia 18 de dezembro.

A ação é promovida pelo Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM), que verificará peso, quantidade, qualidade e segurança de produtos natalinos como itens alimentícios e, na área da avaliação da conformidade como luminárias natalinas e brinquedos. A operação ocorrerá diariamente e de forma simultânea em várias zonas da cidade.



Uma das abordagens de ontem ocorreu em uma loja na rua Marcílio Dias, no Centro da capital onde foram apreendidas 95 unidades de luminária natalinas impróprias para o uso em um estabelecimento comercial.

“O pisca-pisca é um material de alta tensão, regulamentado pelo Inmetro e existem regras para ser comercializado. Neste local, encontramos unidades com risco em potencial, pois estão com metais ferrosos, ou seja, isso pode provocar incêndio, curto circuito, superaquecimento na rede. Considerando que o pisca-pisca fica ligado, na maioria das vezes, a noite inteira, pode provocar o aquecimento e o incêndio é uma possibilidade real”, explicou o diretor-presidente do Ipem-AM, Márcio André Brito.

A doméstica Maria de Fátima Reis é um exemplo dos consumidores que se preocupam apenas com o funcionamento do produto. Se há o selo de qualidade ou não, ela conta que não verifica. “Eu geralmente só testo os produtos na loja, porque, se eu chegar na minha casa, ligar e não funcionar, terei que voltar e pedir para trocar”, afirma.

Todas as unidades que apresentaram alguma irregularidade foram ou serão apreendidas. Também será lavrado um auto de infração onde o proprietário terá um prazo de dez dias para apresentar uma defesa, ou seja, nota fiscal que identifique o fornecedor da mercadoria. As multas podem variar de R$ 1.800 a R$ 500 mil.

Alimentos

Na parte alimentícia, um comércio localizado na avenida Joaquim Nabuco, também no Centro, foram verificados erros quanto ao peso de uma bandeja de frutas cristalizadas. “Nesse produto, o consumidor estava pagando a bandejinha. Não foi feito o desconto efetivo da embalagem, então nós já identificamos a irregularidade. Em relação ao peru e pernil, estão dentro da tolerância definida pelo Inmetro”, destacou Brito.

Para a situação, uma bandeja apenas foi encontrada abaixo do peso. Nesse caso, o estabelecimento foi orientado para fazer a correção do produto, uma vez que a legislação permite por ser um produto fracionado.

Para o gerente administrativo do supermercado fiscalizado, Marco Antonio Fuji, a iniciativa é válida, porém é necessário que haja fiscalização na ponta, ou seja, na indústria que fornecesse alimentos como panetone ou o peru. “Para que não haja gastos desnecessários, acredito que deveria haver fiscalização na fonte e não no varejo. Quanto aos produtos a granel, até concordo que seja feita essa verificação”, disse.

Balanço

No primeiro dia de operação, 55 estabelecimentos, entre lojas, mercadinhos e supermercados das zonas Norte, Leste e Sul da capital foram fiscalizados pela equipe do Ipem-AM. Desta quantidade, dois foram notificados.

Durante o dia, 2.500 unidades de luminárias natalinas foram verificadas, destas 526 estavam irregulares. Também foram verificados e pesados “in loco” 1.252 itens natalinos, como panetones, peru, pernil, frutas cristalizadas, nozes, vinhos, para verificar se as informações declaradas nas embalagens dos produtos eram verdadeiras. Dos itens testados todos estavam dentro da conformidade.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.