Publicidade
Cotidiano
SEGURANÇA

Operação em Parintins cumpre onze mandados e prende duas pessoas

O titular da 3° Delegacia Interativa de Parintins (DIP),  Adilson Cunha, informou que a operação é contínua e deve ser intensificada até o Festival Folclórico 31/01/2018 às 15:28 - Atualizado em 31/01/2018 às 15:28
Show whatsapp image 2018 01 31 at 14.28.22
(Foto: Divulgação)
Carlos Alexandre - Especial para A CRÍTICA Manaus

Onze mandados de busca e apreensão e um de prisão foram cumpridos na manhã desta quarta-feira, 31, no município de Parintins, como parte da Operação “Alegoria Proibida”, da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O titular da 3° Delegacia Interativa de Parintins (DIP),  Adilson Cunha, informou que a operação é contínua e deve ser intensificada até o Festival Folclórico. 

“Isso é uma resposta à criminalidade e a bandidagem. Vai até o festival e depois do festival faremos outras operações com o mesmo intuito de prender esses marginais que andam assombrando a cidade”, comentou o delegado.  Além do mandado de prisão cumprido, uma pessoa foi presa em flagrante por tráfico de drogas. 

A operação “Alegoria Proibida” faz menção ao período do carnaval, que usa alegorias, mas também o período em que traficantes tentam intensificar a venda de produtos entorpecentes. Combater o tráfico de drogas, apreender armas e cumprir mandados de prisão foi o objetivo da operação. “Infelizmente, alguns não se encontravam na residência, outros estavam, mas não encontramos drogas, haja vista que a cada dia é mais difícil porque estão escondendo as drogas. Mas estamos trabalhando cada dia mais no sentido de inteligência que a gente possa tirar de circulação esse mal que faz à cidade”, disse o delegado. 

A Operação contou com a participação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DHES), Força Especial de Resgate e Assalto (FERA) e o Comando de Operações Especiais, além do canil da polícia com dois cães farejadores. O delegado geral da Polícia Civil, Mariolino Brito, assegura que Parintins merece uma atenção maior dos setores da segurança pública e o trabalho inicia com ações preventiva e repressiva. “É pra dizer a quem comete delitos que nós estamos de olho, levantando esses acontecimentos e vamos prender e tirar de circulação”, avisou. 

O Secretário de Segurança Pública do Estado do Amazonas, Bosco Saraiva, informou que a operação inicia uma nova etapa do sistema de segurança que atenderá o município com a equipe de inteligência, atuando diretamente no município. Durante sua estada no município, Saraiva conheceu as dependências da delegacia, falou sobre estrutura  com os delegados e a imprensa e ainda visitou a unidade prisional de Parintins.

Publicidade
Publicidade