Publicidade
Cotidiano
COMBATE

Operação prende 18 pessoas na operação 'Esforço Integrado' na fronteira do AM

Entorpecentes, mais de meia tonelada de carne de animais silvestres, embarcações, armas e objetos roubados foram apreendidos 28/06/2018 às 19:37
Show operacao
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Dezoito pessoas foram presas na operação Esforço Integrado, deflagrada na fronteira do Amazonas com outros países. Entorpecentes, mais de meia tonelada de carne de animais silvestres, embarcações, armas e objetos roubados foram apreendidos.

A ação foi coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira e Dívidas (GGI-F), da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), e no Brasil pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). A ação ocorre em 11 Estados fronteiriços.

As forças de segurança pública foram mobilizadas nos municípios de Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira, Benjamin Constant, Atalaia do Norte e Tefé, que, apesar de não fazer fronteira com outros países, faz parte da chamada fronteira estendida e fica em uma área de registro de pirataria e transporte de drogas.

Segundo a SSP, nos cinco municípios, foram revistadas 1,5 mil pessoas e abordagem a 658 motocicletas, 169 carros, 13 ônibus, 16 caminhões e 105 embarcações. Em Tabatinga, foram presos dez peruanos por crimes como tráfico internacional de armas, contrabando, crimes contra a fauna e flora, receptação e venda ilegal de madeira.

Também foram apreendidos 616 kg de carne de caça, três motores de opa, 30 sacos de carvão, madeira, munições e aves silvestres.

Em Tefé, foram presos quatro narcotraficantes, dois em cumprimento a mandados de prisão e uma mulher por crimes contra a fauna. Já em Benjamin Constant foi preso um homem por porte ilegal de arma de fogo.

A Operação Esforço Integrado ocorre entre os dias 25 e 30 de junho.

Prisões

Foram presos em Tefé, por tráfico de entorpecentes, Elenize Ferreira Frazão, de 28 anos, Francimara Meireles Valentim, 20, Marcos Paulo dos Santos, 28, e Asley dos Santos Souza, 20. Em cumprimento a mandado de prisão, foram presos João Batista dos Santos Franco, 71, e Maria de Lurdes Roberto da Silva, 40. Já por crime ambiental foi presa Deixa Araújo de Lima, 28.

No município de Tabatinga foram presos dez peruanos: Josué Jonas Segura Baylon, Helequias Hermogenes Segura Baylon e Rogelio Segura Campos por tráfico internacional de armas, crimes contra a fauna e flora e receptação.

Outros quatro foram presos por tráfico internacional de armas, contrabando, crimes contra a fauna e receptação: Ruth Camani Uriate, Timóteo Tamani Vega, Hitler Garcia Alero e Samuel Garcia Silva. Também foram preso Neemias Soca Quispe, Isaac Salcedo Quispe e Rule Portocarerro por venda ilegal de madeira e tráfico de animais silvestres.

Publicidade
Publicidade