Segunda-feira, 30 de Novembro de 2020
CENÁRIO

Operários ameaçam paralisar trabalhos no Campo de Azulão

O campo é administrado pela empresa Eneva, que nega as denúncias



campo-de-gas-na-bacia-do-amazonas_6B67C90D-A48E-405A-A1B0-546862BA5BDC.jpg Foto: Reprodução/Internet
05/10/2020 às 18:46

Operários ameaçam paralisar os trabalhos no Campo de Azulão, base de exploração de gás natural que está sendo montada entre os municípios de Silves e Itapiranga, por conta de suposta precariedade nas condições de trabalho. O campo é administrado pela empresa Eneva.

A denuncia foi realizada na sessão plenária de ontem da Câmara Municipal de Manaus (CMM) pelo vereador Sassá da Construção Civil, que apontou também a desigualdade de salários nas construções. Segundo o parlamentar, os funcionários de outros estados estariam recebendo mais, embora desenvolvam as mesmas funções que os amazonenses.



Sassá lembrou que para a concessão da exploração de gás natural na região, a empresa firmou um acordo com o governo do Estado assegurando a geração de emprego e renda para população local.

“Eu quero pedir que os deputados e que o governador porque eu já pedi muita coisa aqui, mas não fazem nada o governador fez um acordo com empresa de que a empresa ganhava o incentivo para contratar mão de obra local mas infelizmente Eloi [Abreu (PMN)], não contrataram ninguém daqui o pessoal daqui é humilhado e o pessoal que vem de fora ganha um salário milionário”, lamentou o vereador sobre as informações recebidas em reuniões com os trabalhadores.

O soldador Francisco Silva foi um dos que confirmaram a situação vivida pelos trabalhadores da companhia. Ele relata que se sente humilhado pois até comida imprópria para consumo foi oferecida.

Sem outra fonte de renda e com o atraso salarial "é complicado trabalhar".

Em nota, a Eneva afirma que não procedem as informações de que os funcionários da empresa e/ou de suas contratadas que atuam nas obras do Campo de Azulão estejam trabalhando em regime que descumpra a legislação trabalhista em vigor. Também não procedem as informações de que os funcionários estariam com os salários atrasados e recebendo alimentação inapropriada.

A Eneva cumpre rigorosamente a legislação trabalhista vigente e tem como princípio contratar empresas para a execução de seus projetos que atuam da mesma forma.

A Eneva preza pela transparência nas suas relações e respeito aos seus trabalhadores e se mantém à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.

News giovanna 9abef9e4 902c 428b a7c8 c97314664fb7
Repórter
Repórter de A CRÍTICA. Sempre em busca de novos aprendizados que somente uma boa história pode trazer.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.