Publicidade
Cotidiano
Notícias

Opositor ferrenho do governo argentino, Cristina Kirchner felicita papa Francisco I

Desafeto político dos Kirchner, o então cardeal do país Jorge Mario Bergoglio era critico da administração mandatária 13/03/2013 às 20:50
Show 1
Papa Jorge Mario Bergoglio
acritica.com Manaus (AM)

A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, felicitou o novo pontífice da igreja católica, Francisco I, através de sua conta no Twitter após anúncio oficial nesta quarta-feira (13).

Em comunicado, Cristina felicitou o cardeal em nome do Estado e da população argentina. "É nosso desejo que tenha uma frutífera tarefa pastoral desempenhando grandes responsabilidades em prol da justiça, da igualdade, da fraternidade e da paz da humanidade", escreveu. Um comunicado oficial também foi enviado ao papa, cerca de duas horas após a apresentação de Francisco.

Bergoglio é conhecido na Argentina por conta do conservadorismo e declarações polemicas, feitas principalmente contra o governo mandatário de Cristina. O principal embate entre os dois aconteceu quando o governo argentino aprovou o casamento gay em 2010. Apesar de acreditar que os homossexuais mereçam respeito, o pontífice se posicionou contrariamente à época.

Publicidade
Publicidade