Publicidade
Cotidiano
Notícias

Órgão convoca proprietários de imóveis na Av Djalma Batista para esclarecimentos

Pela listagem com a qual o Implurb trabalha para execução do projeto, ainda faltam 20 donos de lotes e áreas, algumas que estão fechados ou abandonados 28/10/2013 às 13:45
Show 1
A avenida passará a ter calçadas de 3 metros de largura, meio fio alto, esquinas verdes, nova iluminação, arborização, sinalização padrão, acessibilidade entre outros ítens
acritica.com Manaus (AM)

O Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) está orientando proprietários de imóveis ao longo da avenida Djalma Batista, que ainda não compareceram ao órgão, que o façam o mais rápido possível para tratar de assuntos referentes ao projeto Nova Djalma Batista, como tomar conhecimento de detalhes das obras iniciadas para a revitalização, requalificação e reurbanização da via.

O atendimento é feito por arquitetos e designers do Departamento de Planejamento Urbano (DPLA), com agendamento individual para explicação do que envolve a reforma, a partir da qual a avenida passará a ter, entre outros itens, calçadas de 3 metros de largura, meio fio alto, balizadores, esquinas verdes, nova iluminação, mobiliário urbano, paisagismo e arborização, sinalização padrão e acessibilidade. O ponto de partida é o comparecimento ao Implurb, em horário comercial.

No momento, o projeto de execução tem quatro frentes de obra iniciadas e mais quatro prontas para executar, além de dois trechos em avaliação de projeto e quatro entregues para elaboração do projeto executivo para a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

A revitalização começou na esquina da rua João Valério e seguiu até a altura do posto de gasolina perto da MS Casa; seguindo com empreitadas na altura da Happy Ice até a Andrade Gutierrez; em frente ao Amazonas Flat, entre a av. Pedro Teixeira e a travessa Urbano Novoa; e na saída do Eldorado até o posto Ipiranga. O tipo de construção realizada permite que se execute vários trechos da avenida, porque as peças são projetadas e obedecem um padrão de concretagem e montagem, que facilita a execução.

A taxa de aprovação da Nova Djalma Batista é positiva, tendo o Implurb uma lista com 110 proprietários/responsáveis, dos quais apenas 18 estão com pendências e com ajustes caso a caso para as medidas de reforma, incluindo licenciamento de estacionamento e alterações de fachada, ou seja, apenas 16,3%.

O PROJETO

A concepção da Nova Djalma Batista foi feita pelo Implurb, incluindo licenciamento de estacionamentos ao longo da via, nova iluminação, lixeiras, mobiliário urbano, paisagismo, sinalização padrão e acessibilidade.

O passeio público terá 3m, tendo padrões para execução, com concreto armado, juntas flexíveis e meio-fio em concreto aparente. As floreiras serão no nível do passeio, com detalhe em granizo. “A reorganização da via incluí ainda melhorias em engenhos publicitários, fachadas, numa parceria entre a Prefeitura e os comerciantes e moradores da avenida”, fala o presidente do Implurb, arquiteto Roberto Moita.

Justamente na esquina da João Valério a população já poderá ver como ficará a avenida em suas quadras, porque ali estarão os principais elementos da mudança: a calçada, faixa de pedestre em nova posição (mais interna), nova arborização, balizadores (onde não há estacionamento regularizado), floreiras e rampas de acesso a cadeirantes.


Publicidade
Publicidade