Sábado, 24 de Agosto de 2019
Consumo consciente

Parceria entre órgãos desenvolve ações em escolas sobre os direitos do consumidor

Sinepe e Procon-AM fecham nesta segunda-feira (5) a parceria. O projeto visa orientar os estudantes, por meio de uma cartilha com atividades lúdicas, sobre assuntos e conceitos do Código de Defesa do Consumidor



procon.JPG O convênio, pioneiro no estado, funcionará como piloto do “Procon Mirim”, projeto criado pelo órgão estadual. Foto: Reprodução/Internet
04/12/2016 às 14:59

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Amazonas (Sinepe) e o Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon/AM) assinam, nesta segunda-feira (5), às 15h, um convênio para desenvolver ações educativas nas escolas associadas. O público-alvo são as crianças e adolescentes e o foco é o consumo consciente e os direitos do consumidor. O convênio, pioneiro no estado, funcionará como piloto do “Procon Mirim”, projeto criado pelo órgão estadual. A assinatura será na sede do Sinepe (rua Aires de Almeida, bairro São Francisco).

O projeto visa orientar os estudantes, por meio de uma cartilha com atividades lúdicas, sobre assuntos e conceitos do Código de Defesa do Consumidor. A cartilha aborda temas como os direitos e deveres do consumidor e do fornecedor, a importância da exigência da nota fiscal e do prazo de validade dos produtos. E oferece um encarte contendo passatempos relacionados ao que orienta o Código de Defesa do Consumidor, possibilitando ao estudante uma forma diferenciada, atrativa e divertida de aprendizagem sobre o tema. 

De acordo com a presidente do Sinepe, Elaine Saldanha, a cartilha também vai auxiliar os professores em sala de aula a trabalharem o direito do consumidor e despertar nas crianças e adolescentes o interesse pelo tema. “A escola tem papel fundamental na formação de cidadãos conscientes sobre seus direitos e deveres, por isso é importante discutir de forma lúdica esse assunto, dentro da sala de aula”, disse.

Elaine ressalta que a educação para o consumo é, inclusive, um dos direitos previstos no Código de Defesa do Consumidor. “Além disso, é um dos princípios da Política Nacional de Relações de Consumo do Governo Federal”, ressaltou.

A secretária executiva de estado do Procon, Rosely Fernandes, considera a parceria com o Sinepe um passo importância para dar início ao trabalho de conscientização das crianças e dos jovens com relação aos direitos do consumidor. “Nossa intenção é levar os conhecimentos sobre o tema, usando a transversalidade das matérias ministradas em sala de aula, adotando uma forma lúdica e criativa e linguagem acessível”, afirmou. A parceria, disse ela, serve como exemplo para outros estados. “A educação é a base para a formação de brasileiros conscientes”, complementou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.