Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020
INTERNACIONAL

Parlamento iraquiano aprova expulsão de tropas norte-americanas

Segundo o governo xiita, que é próximo ao Irã, a resolução aprovada em sessão extraordinária do Parlamento deve cancelar o pedido de assistência de uma coalizão liderada pelos EUA



Mahdi_8AF98C51-D3E1-4897-A7BE-5FDE18353021.JPG Primeiro-ministro do Iraque, Adel Abdul Mahdi. Foto: Thaier al-Sudani/Reuters
05/01/2020 às 19:48

Na sequência das ondas de choque desencadeadas pelo assassinato de Qassem Soleimani e de Abu Mahdi al-Muhandis, o parlamento de Bagdá aprovou hoje(5) uma resolução que considera do interesse de ambas as partes pôr fim à presença norte-americana no país.

Numa sessão de emergência da assembleia legislativa, a resolução foi proposta ao parlamento pelo primeiro-ministro interino, Adil Abdul Mahdi, que sublinhou terem sido os responsáveis militares iraquianos informados da operação para abater o general iraniano e o comandante da milícia xiita iraquiana alguns minutos apenas antes dessa operação acontecer.



Mahdi acrescentou que, apesar da curtíssima antecedência do aviso, o seu governo recusou expressamente a autorização para que o ataque aéreo fosse efetuado em território iraquiano, notando de passagem que Soleimani ia a caminho de um encontro com o próprio primeiro-ministro iraquiano quando foi abatido.

E concluiu que, depois do assassinato de ambos os dirigentes, se tornou claro que a retirada das forças norte-americanas do Iraque seria do interesse de ambos os países - Estados Unidos e Iraque.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.