Publicidade
Cotidiano
Notícias

Passeata toma dois rumos diferentes: Arena da Amazônia e Prefeitura de Manaus

Polícia militar registrou detenção de seis indivíduos na manifestação que estavam portando arma branca, eles foram encaminhados ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) 20/06/2013 às 18:24
Show 1
Manifestantes tomam as ruas 10 de julho e Getúlio Vargas
acritica.com Manaus (AM)

Algumas das principais vias do Centro da cidade de Manaus foram tomadas por manifestantes na tarde desta quinta (20). O trecho entre o porto da cidade e o fim da Avenida Eduardo Ribeiro, 7 de Setembro, Epaminondas e Getúlio Vargas foi tomado por manifestantes, perímetro de mais de três quilômetros durante a concentração. Após saírem do Centro, a massa de pessoas se dividiu em dois grupos diferentes. Um deles, menor, seguiu para a Avenida Brasil, bairro da Compensa, em direção à Prefeitura de Manaus, e o outro desceu a Avenida Djalma Batista, em direção à Arena da Amazônia.

Os participantes cantam e fazem uma variedade de reivindicações. Entre elas, melhorias na saúde, redução de preços de produtos como a farinha e tomate, falta de água, melhorias para os problemas da área da saúde e educação.

O Coronel Almir David, comandante da Polícia Militar do Amazonas, confirmou que o número de participantes da manifestação já atinge cerca de 60 mil.

Segundo Samuel Ambrósio, um dos que participam do ato, o clima entre os manifestantes é ordeiro e não há indício de violência entre eles no trajeto que seguiu para a Arena, até o começo da noite. A polícia militar está espalhada em locais estratégicos e apenas observa a movimentação de pessoas. O clima ficou tenso quando parte dos manifestantes chegou à frente da sede da Prefeitura.  

Pedras em coletivos

Alguns coletivos tiveram os vidros quebrados por pedras no começo da manifestação, que ocorre pacífica na área central.

Detidos

O Coronel Peterson, da Polícia Militar, confirmou a detenção de quatro pessoas que estavam armando confusão nas imediações do Centro de Manaus. Elas estavam portando armas brancas e foram encaminhadas ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Em um ponto de triagem criado pela polícia militar entre as ruas Monsenhor Coutinho e Ferreira Pena, duas pessoas foram detidas com uma garrafa de gasolina e material para pichação.

Acompanhe a cobertura completa em tempo real.  

* Mais informações em instantes


Publicidade
Publicidade