Sábado, 24 de Agosto de 2019
Notícias

Pastor Everaldo e Eduardo Jorge anunciam apoio à candidatura de Aécio Neves no segundo turno

Candidatos derrotados pelo PSC e pelo PV decidiram obedecer ao direcionamento de suas legendas e declararam reforço à campanha do PSDB



1.jpg Pastor Everaldo e Eduardo Jorge

Na tarde desta quarta feira (8) os candidatos derrotados no primeiro turno - Pastor Everalvo e Eduardo Jorge - resolveram anunciar apoio à candidatura do presidenciável Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleição, cuja votação será no dia 26 de outubro.

Após mais de duas horas de reunião a portas fechadas, senadores e deputados do PSC decidiram nesta quarta-feira (8), em Brasília, reforçar a candidatura do tucana. O partido, que teve Pastor Everaldo como candidato no primeiro turno, ficou em quinto lugar no resultado final do Tribunal Superior Eleitoral.

Pastor Everaldo explicou que o senador tucano pediu apoio na segunda-feira (6), mas, antes de oficializar a posição, precisou ouvir representantes do PSC nos estados e nas bancadas da Câmara e do Senado. “Pelos seus ideais, o partido faz opção pelo senador Aécio Neves. Estaremos daqui a pouco com ele para manifestar nossa decisão em favor do seu nome”, disse.

O ex-candidato à Presidência da República disse que PSC não exigirá mudanças no programa de Aécio. Acrescentou que as propostas do partido e as do PSDB são semelhantes. Entretanto, adiantou que cobrará de Aécio Neves, caso eleito, “muito trabalho para devolver o Brasil para os brasileiros”.

No primeiro turno, Pastor Everaldo conquistou 780 mil (0,75%) votos nas urnas, ficando atrás de Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB), Marina Silva (PSB) e Luciana Genro (PSOL), que teve mais de 1,5 milhão dos votos.

Segundo ele, a mudança de rumo político do PSC, que já compôs a base do atual governo, foi motivada pelas denúncias envolvendo o PT e outros partidos aliados. “Isso nos impulsionou a optar por Aécio Neves. Foi um dos principais e mais relevantes motivos”, salientiou.

PV confirma

O anúncio oficial do Partido Verde foi feito após reunião da comissão executiva da legenda, que decidiu, por 33 votos a favor, seis contra e três abstençõe apoiar o candidato tucano no segundo turno. Eduardo Jorge terminou o primeiro turno em quinto lugar, com 630.099 votos (0,61% do total)

"Chegamos a uma conclusão de que, embora o programa do Aécio fique muito aquém do nosso, é o [programa] que fica mais próximo", declarou Eduardo Jorge.

Na terça-feira (7) ele escreveu no Twitter: "Puxa vida, que divisão! Seria mais fácil pra mim ir pra casa, como em 2010. Mas isso seria uma covardia. Não vou fazer isso".

O ambientalista causou polêmica ao defender a legalização da maconha e virou sensação de memes nas redes sociais por suas declarações em debates eleitorais na TV.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.