CPI

Pazuello diz que decisão de não intervir na Saúde do AM foi de ministros

Em depoimento à CPI, ex-ministro da Saúde afirmou que a decisão foi tomada em uma reunião ministerial e houve a decisão de não intervir no sistema de saúde do Estado

Portal A Crítica
20/05/2021 às 12:58.
Atualizado em 09/03/2022 às 07:19

(Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello afirmou, na CPI da Pandemia do Senado Federal, que a decisão de não intervir no sistema de Saúde do Amazonas foi tomada em uma reunião ministerial.

A resposta de Pazuello foi dada após um questionamento do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que fez uma solicitação formal de intervenção ao Governo Federal. "Essa decisão não era minha. Ela foi levada a uma reunião de ministros, o governador se apresentou, se justificou, e foi decidido que não haveria intervenção", afirmou o ex-ministro. "Pedimos a intervenção para salvar vidas.  O Governo (Federal) não quis fazê-lo“, rebateu Braga.

A pergunta veio em um contexto de questionamentos de Eduardo Braga sobre o motivo para o fechamento do Hospital de Campanha Nilton Lins, que teve suas atividades encerradas em Manaus em julho, quando o Amazonas vivia uma queda de casos.

Omar Aziz aproveitou o momento e questionou o ministro também sobre o fechamento do hospital municipal, ocorrido um mês antes. Em ambos os casos, Pazuello atribuiu a decisão de abrir e fechar as unidades hospitalares às autoridades estaduais e municipais.

O ex-ministro chegou a dizer, em referência ao Hospital Municipal, que havia mais recursos privados do que públicos, dado que foi refutado por Omar Aziz e Eduardo Braga. "Recursos de P&D também é recurso público. O que aconteceu ali foi aplicação de recursos de pesquisa e desenvolvimento oriundo da iniciativa privada mas aplicado como recurso público".

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por