Notícias

Pecuaristas manifestam contra demarcação de terras no AM

A interrupção da circulação de veículos no local, gerou atrasos no desembarque das balsas, fila de um quilômetro e muita irritação por parte dos motoristas que transportavam doentes e alimentos perecíveis para outras localidades do interior

Milton de Oliveira
20/10/2012 às 12:38.
Atualizado em 12/03/2022 às 10:45

(Manifestantes fecharam a BR-319 por aproximadamente três horas)

Aproximadamente 200 pecuaristas e 30 membros do Movimento Nação Mestiça interditaram, na manhã desta sexta-feira (19), durante três horas, a rodovia BR-319, a Manaus-Porto Velho, na altura do Município de Careiro da Várzea (a 29 quilômetros da capital). O grupo protestava contra as demarcações e desapropriações de terras de agricultores em favor das etnias indígenas mura e apurinã.

A interrupção da circulação de veículos no local, gerou atrasos no desembarque das balsas, fila de um quilômetro e muita irritação por parte dos motoristas que transportavam doentes e alimentos perecíveis para outras localidades do interior.

Durante a manifestação, idosos e doentes que aguardavam a liberação da rodovia, passaram mal e um lado da pista teve de ser aberta para que os veículos com eles passassem.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por