Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
Indefinição na Susam

Pedro Elias não sabe se fica na Secretaria de Estado de Saúde (Susam)

Reunião com governador na segunda-feira definirá se o médico continuará ou não no comando da Secretaria de Saúde



pedro_elias.jpg
Pedro Elias se destacou com o trabalho que desenvolveu como diretor-presidente da Fundação do Coração Francisca Mendes
28/01/2017 às 05:00

O secretário de Estado de Saúde (Susam), Pedro Elias, se reunirá  na segunda-feira (30) com o governador José Melo (Pros) para definir se permanece ou não à frente da pasta. Nos bastidores, membros do governo dão como certa a saída do titular da secretaria. “Eu solicitei uma reunião com o governador na segunda-feira. Vamos conversar e definir se permaneço ou não”, informou Pedro Elias.

Na edição de quinta-feira (26), do Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOE-AM), dois diretores de unidades de saúde foram exonerados: Francisco Frota Aguiar Júnior e Rosinei Oliveira do Nascimento, sendo substituídos, respectivamente, por José Mário Trindade Carneiro e Danielle de Araújo Batalha. Questionado sobre as exonerações, o secretário afirmou que possivelmente se trata de diretores de unidades do interior, e que substituições são comuns em inícios de anos. O secretário negou que esteja fazendo ou pretenda fazer mudanças nos cargos de confiança da Susam.

Ex-diretor-presidente da Fundação do Coração Francisca Mendes, Pedro Elias, foi anunciado como novo secretário de Estado da Saúde no dia 24 de junho de 2015. No dia 1° de julho o governador José Melo nomeou oficialmente o médico como titular da Susam.  

Pedro Elias ganhou destaque com o trabalho que desenvolveu no hospital – que se tornou referencial da cardiologia na rede pública do Estado. À época, esse foi um dos pontos principais para sua escolha para secretário da Susam. 

Quando o escolheu, Melo justificou que o cenário de crise econômica exigia alguém resistente como Pedro Elias. “Foi exatamente por isso que o escolhi: na vida profissional, é firme como a maçaranduba, sem no entanto perder a ternura”, disse na ocasião o governador.

No mesmo mês que assumiu a Susam, Pedro Elias engatou nova parceria com o HCor. A equipe do hospital de São Paulo bateu o martelo e decidiu continuar dando apoio técnico à Fundação do Coração Francisca Mendes para a realização de mais cirurgias cardiopediátricas.

Seplan

O governador José Melo (Pros) planeja extinguir a “supersecretaria” de Estado de Planejamento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI), desincorporando a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (antiga Secti) da Secretaria de Planejamento (antiga Seplan). Ontem, membros do governo Melo afirmaram que o cotado para assumir a Seplan é o vice-presidente da Federação das Indústrias do

Estado do Amazonas (Fieam) e presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon-AM), Nelson Azevedo. O nome mais cotado para assumir a eventual nova pasta de Ciência e Tecnologia é do atual secretário-executivo Estevão Monteiro de Paula. 

Outra pasta que deve sofrer mudança no comando é a Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), hoje administrada por Breno Ortiz. A pasta, segundo fontes do governo será dirigida pelo deputado Dermilson Chagas (PEN). 

Candidato ao cargo é investigado por improbidade

Cotado para assumir a Susam, Arnaldo Grijó, que já foi secretário executivo da pasta, responde a seis processos no TJ-AM improbidade administrativa e  enriquecimento ilícito referente ao período que trabalhou na Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), no governo de Eduardo Braga (PMDB).

Mudanças no secretariado

  • 13/10/2016 -  Clóvis Smith decidiu deixar o cargo de procurador-geral do Estado. Heloysa Simonetti assumiu a PGE;
  • 31/10/2016 -  Raul Zaidan deixou a Casa Civil. José Alves Pacífico o substituiu;
  • 15/12/2016  O então titular da Sead, Evandro Melo, irmão de José Melo, deixou o cargo;
  • 28/12/2016 - O economista Thomaz Nogueira, responsável pela Seplan-CTI anunciou que pediu exoneração;
  • 16/01/2017 -  Pedro Florêncio deixou a Seap e foi  substituído por Cleitman Coelho. No mesmo dia, Augusto César deixou o comando  geral da PM. Foi substituto por David de Souza Brandão;
  • 23/01/2017 -  Afonso Lobo deixou a Secretaria da Fazenda. Jorge Jatahy foi anunciado como seu substituto. No mesmo dia, o delegado-geral Francisco Sobrinho deixou o comando da Polícia Civil, sendo substituído pelo delegado Frederico Mendes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.