Domingo, 26 de Maio de 2019
CHACINA

Guerra de facções deixa pelo menos 33 mortos em presídio de Boa Vista, em Roraima

Segundo Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, tumulto começou durante a madrugada e presos podem ter sido decapitados. Caso ocorre na mesma semana em que 60 presos foram mortos em Manaus



06/01/2017 às 08:45

Pelo menos 33 presos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), na zona Rural de Boa Vista (RR), foram mortos nesta sexta-feira (6). Segundo a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, o tumulto na unidade começou durante a madrugada.

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar entraram no presídio no começo da manhã e a situação já está sob controle. De acordo com a imprensa local, que divulgou imagens como sendo de hoje, presos que cometeram crimes como estupro podem ter sido decapitados. O Pamc é o maior presídio de Roraima. 

Ainda segundo a imprensa local, familiares dos presos estão fora do presídio em busca de informações. Há dificuldades no resgate dos corpos por conta da falta de estrutura do Instituto Médico Legal (IML). Barulhos de tiros e bombas podem ser ouvidos na área externa. 

Assim como em Manaus, uma guerra de facções é a hipótese levantada pela massacre em Boa Vista. A imprensa local especula que uma rixa entre o Comando Vermelho e o PCC desencadearam a série de mortes. 

Segundo massacre

As mortes em Roraima ocorrem na mesma semana em que 60 presos foram assassinados em estabelecimentos prisionais do Amazonas e um dia após o governo federal lançar o Plano Nacional de Segurança Pública para tentar reduzir o número de homicídios dolosos e feminicídios; promover o combate integrado à criminalidade transnacional e a racionalização e a modernização do sistema penitenciário.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.