Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
Notícias

Pesquisador desenvolve novo software para melhorar sistema de transporte público em Manaus

O software irá permitir os cálculos dos indicadores da classe mundial aplicável para manutenção dos ônibus de transporte público de Manaus



1.jpg Erdy afirma que, com o software, será possível diminuir o índice de veículos quebrados durante o trajeto
29/02/2016 às 13:49

A partir de 2018, o Amazonas pode contar com um software que garantirá um menor tempo de espera nas paradas de ônibus do sistema de transporte público, mais conforto durante o deslocamento e, consequentemente, uma maior satisfação da população.

Trata-se de um software que está sendo desenvolvido pelo pesquisador Edry Antônio Garcia, com apoio do governo do Estado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) para ajudar no aumento da produtividade dos veículos do sistema de transporte público, em Manaus.

O software irá permitir os cálculos dos indicadores classe mundial aplicável na manutenção dos ônibus de transporte público de Manaus. Estes índices, segundo o pesquisador, fornecem elementos para tomar decisões e estabelecer metas.

“Este indicadores fornecerão relatórios de  forma concisos sobre a produtividade do transporte público. O  software ainda favorece o gerenciamento da manutenção e garante a disponibilidade da função dos ônibus de modo a atender a um processo de produção ou serviço com confiabilidade, segurança, preservação do meio ambiente e custos adequados”, explicou o Edry Antônio Garcia.

Doutor em Ciências Técnicas pela Universidad de Holguin Oscar Lucero Moya, em Cuba, ele explicou que com isso, será possível diminuir o índice de veículos quebrados durante o trajeto, ou seja, menos tempo de espera nas paradas, mais conforto para população no processo de deslocamento e maior satisfação pelo usuário do transporte coletivo na cidade.

“Ele esta sendo feito numa linguagem de programação chamada Java, teria em essência um módulo de entrada de dados, um módulo de processamento de dados e um módulo de saída de resultados que seriam dados em forma de indicadores e gráficos que expressam tendências na manutenção”, disse o pesquisador.

Além do software, também será produzido um livro de manutenção que abrange os conceitos e tendências atuais da manutenção visando a sua utilização na prática produtiva nas empresas de transporte público de Manaus. O livro também poderá ser adotado para o Ensino de disciplinas da Engenharia Mecânica e de Manutenção pelas universidades.

Funcionamento do software

De acordo com o Edry Garcia, o usuário do software (responsável pela manutenção dos veículos e/ou a diretoria da empresa) irá fazer um cadastro com os dados dos ônibus. Após isso, a cada intervenção de manutenção será necessário digitar os dados solicitados pelo software.

"Estes dados específicos correspondem a ações de manutenção e materiais utilizados, além do tempo de trabalho e de paradas para manutenção, o total de quilômetros percorridos e o combustível consumido durante o período de trabalho do ônibus entre uma manutenção e outra. Os resultados mostrarão os índices da classe mundial que atuariam como uma ferramenta norteadora para tomada de decisões na manutenção dos ônibus, auxiliando na diminuição de custos e aumento da produtividade”, explicou o pesquisador. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.