Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Notícias

PF apreende 200 Kg de cocaína pura avaliados em R$ 2,5 milhões

A droga estava escondida embaixo d'água em uma ilha no Puraquequara. Dois homens foram presos em flagrante por tráfico


10/04/2015 às 18:27

A Delegacia de Repressão de Entorpecentes (DRE) Polícia Federal prendeu em flagrante o peruano Zacarias Ichepas Curo, o “Cuchara” e Alex Sandro Fernandes, o “Federal” por estarem portando 200 quilos de cloridrato de cocaína  pura (brilho), avaliados em R$ 2 milhões. Eles foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de droga e encaminhados para a cadeia  pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, na avenida 7 de Setembro, Centro.

De acordo com o titular da DRE, Rafael Machado Caldeira, a apreensão aconteceu no final da tarde de quinta-feira (9). De acordo com  Caldeira, a droga é de origem peruana e está avaliada em R$ 2 milhões devido ao alto teor de pureza. Cada quilo, depois de acrescentado outros produtos poderia chegar até em 600 quilos, ou seja, em mais de meia tonelada e deveria ser comercializada em Manaus.


Os criminosos foram presos na área da avenida Eduardo Ribeiro, próximo ao relógio municipal quando se preparavam para ir buscar a droga que estava escondida em uma ilha próxima ao bairro do Puraquequara, Zona Leste, na margem direita do Rio Amazonas.

O delegado explicou que o transporte da droga foi feito por Cuchara. Este  escondeu a droga na ilha que está parcialmente alagada, deixando os pacotes da substância entorpecente submersa, com o objetivo de dificultar as ações de fiscalização das forças de segurança pública.


publicidade
publicidade
Câmara Municipal deve criar comissão para defender Zona Franca de Manaus
Motoristas do Amazonas vão poder parcelar IPVA atrasado em até 12 vezes
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.