Publicidade
Cotidiano
OPERAÇÃO

PF prende empresário Joesley Batista em desdobramento da Lava Jato em MG

Joesley já havia sido detido em setembro do ano passado no âmbito da Lava Jato acusado de omitir informações de acordo com delação premiada fechado com a PGR 09/11/2018 às 08:36
Show joesley agora e5116a88 5d47 490d 8dc1 c9fefcecb639
Empresário Joesley Batista deixa sede da Polícia Federal em Brasília (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Reuters

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira o empresário Joesley Batista, um dos controladores da JBS, em um desdobramento da operação Lava Jato em Minas Gerais que investiga uma suposta organização criminosa que atuava na Câmara dos Deputados e no Ministério da Agricultura com pagamento de propina a agentes públicos e políticos.

A prisão de Joesley, que já havia sido detido em setembro do ano passado no âmbito da Lava Jato acusado de omitir informações de acordo de delação premiada fechado com a Procuradoria-Geral da República, foi confirmada pela assessoria de imprensa do executivo, que não tinha um posicionamento de imediato sobre a operação.

Em comunicado sem citar os nomes dos alvos da operação, a Polícia Federal disse que a ação visa cumprir 63 mandados judiciais de busca e apreensão e 19 mandados de prisão temporária, todos expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Em nota separada sobre a mesma operação, a Receita Federal disse que são 18 mandados de prisão e 56 de busca e apreensão.

Além de Joesley, também foi preso o vice-governador de Minas Gerais, Antonio Andrade (MDB), de acordo com a Globonews.

Publicidade
Publicidade