Publicidade
Cotidiano
Notícias

PF prende missionário suspeito de pedofilia contra crianças indígenas em ONG

Há suspeita de que as vítimas do crime eram atendidas pela organização “Missão Novas Tribos do Brasil” 12/09/2013 às 21:33
Show 1
Foram apreendidos CDs e DVDs com conteúdo pornográfico
ADRIANO SILVA* Manaus (AM)

O missionário amazonense Warren Scott Kennell, da organização “Missão Novas Tribos do Brasil”, e Clauter Nascimento Carvalho, 44, foram presos por agentes da Polícia Federal e do departamento norte-americano U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) nesta quinta-feira (12). As prisões ocorreram durante a operação Ímpio, deflagrada pela Polícia Federal.

A ação foi realizada em Manaus e em Cruzeiro do Sul, no Estado do Acre, e teve como objetivo combater a pedofilia e repreender os crimes de divulgação e troca de materiais de cunho pornográfico infantil na Internet. Foram cumpridos 18 mandados, sendo 11 de busca e apreensão e sete de conduções coercitivas.

A operação Ímpio foi coordenada pela Delegacia de Defesa Institucional, chefiada pelo delegado Rafael Caldeira. “Fizemos algumas buscas, encontramos centenas de mídias [CDs e DVDs] contendo pornografia infantil que estavam de posse deste cidadão, por isso foi trazido até a nossa sede e está sendo indiciado”, disse.

O delegado informou que o missionário foi preso no aeroporto da cidade de Orlando, na Flórida (EUA). “Encontramos [no computador do missionário] um vasto material pornográfico infantil, inclusive com cenas em que ele mesmo aparecia mantendo relações com crianças, possivelmente indígenas”, declarou. O missionário confessou os crimes.

Leia a matéria completa na edição do Jornal A Crítica desta sexta-feira (13).

Publicidade
Publicidade