Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022
ALERTA

Pfizer diz que proteção contra Ômicron necessita de três doses

Pfizer e a BioNTech defendem que duas doses podem proteger contra casos graves de covid-19, mas neutralização da nova variante depende de um reforço



pfizer_AAFFFF65-BFCE-4051-A9D3-9BAE1A05D562.jpg
08/12/2021 às 12:35

Estudos preliminares demonstraram que três doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 neutralizam a variante Ômicron. O anúncio foi feito pelas empresas Pfizer e BioNTech, responsáveis pelo imunizante.

A pesquisa, feita com testes de anticorpos, mostrou que duas doses podem não ser suficientes para proteger as pessoas contra a infecção pela nova variante. Ainda assim, a Pfizer e a BioNTech acreditam que essas duas doses podem proteger contra casos graves de covid-19.



Diante das informações prestadas, as doses de reforço são cada vez mais importantes. No Amazonas, o intervalo entre as doses foi reduzido, passando a ser de quatro meses entre a segunda e terceira aplicações. 

As farmacêuticas informaram que continuam avançando no desenvolvimento de uma vacina que seja específica para a Ômicron. A previsão é que o imunizante esteja disponível em março do ano que vem, se for necessário.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.