Sábado, 22 de Fevereiro de 2020
LULA

PGR diz acompanhar caso Lula e volta a defender prisão em 2ª instância

Ontem (8), um desembargador do TRF4 de plantão determinou a soltura de Lula, mas uma disputa de decisões judiciais acabou culminando com a permanência do ex-presidente atrás das grades



Raquel_Dodge-868x644.jpg Foto: Agência Brasil
09/07/2018 às 09:30

Após o impasse jurídico criado em torno de decisões conflitantes sobre a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, divulgou nota em que disse “acompanhar” atentamente o caso. Ela voltou a defender a execução da pena de um sentenciado logo após a confirmação da condenação em segunda instância pela Justiça.

“A PGR reitera a posição da instituição, que defende a execução da pena após a confirmação da condenação em segunda instância, o que garante o duplo grau de jurisdição e afasta a presunção de inocência, dando segurança jurídica às decisões judiciais”, diz o texto divulgado na noite de domingo (8) pela PGR.



Lula foi preso em 7 de abril após ter confirmada na segunda instância sua condenação por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP). Desde então ele é mantido na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal, que impôs a pena 12 anos e um mês de prisão ao ex-presidente, determinou a prisão seguindo entendimento atual do Supremo Tribunal Federal (STF), que permite a execução de pena mesmo que ainda haja possibilidade de recurso a instâncias superiores.

Ontem (8), o desembargador do TRF4 Rogério Favreto, que estava de plantão, determinou a soltura de Lula, mas uma disputa de decisões judiciais acabou culminando com a permanência do ex-presidente na prisão, após determinação do desembargador Thompson Flores, presidente do TRF4.


Mais de Acritica.com

22 Fev
EUZIVALDO_QUEIROZ_1_35B33169-9F94-47FC-A952-4C8DDB6AC152.JPG

Igreja faz ações para duas comunidades na Zona Norte

22/02/2020 às 11:54

A Igreja de Deus Pentecostal do Brasil (IDPB) Filadélfia vai desenvolver ações sociais na rua Roxana Bonessi, Monte das Oliveiras, Zona Norte, e na rua Jacutinga, comunidade Águas Claras, Zona Norte. Aos comunitários serão oferecidos serviços de estética e saúde


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.