Publicidade
Cotidiano
CRISE

Planejamento financeiro pode auxiliar você tanto a sair do vermelho

Coach focado em planejamento financeiro pode auxiliar você tanto a sair do vermelho quanto a apontar os caminhos para um futuro mais próspero 21/05/2016 às 23:00 - Atualizado em 21/05/2016 às 23:24
Show kajshdkjsad
O planejador financeiro e diretor do IBCPF, Tobias Maag, esteve em Manaus e falou sobre a importância do planejamento para organizar a vida financeira (Evandro Seixas)
Juliana Geraldo

Assim como a saúde física merece atenção especial, preferencialmente de forma preventiva para evitar sustos com doenças, o aspecto financeiro da vida de qualquer pessoa também demanda cuidados e não apenas em situações críticas como grandes endividamentos.

Da mesma forma que  o médico, o profissional de planejamento financeiro é o responsável por essa manutenção da saúde, nesse caso, das finanças pessoais, e pode auxiliar tanto a colocar as contas nos eixos quanto mantê-las no azul.

 É o que faz, por exemplo, o planejador financeiro e diretor do  Instituto Brasileiro de Certificação de Planejadores Financeiros (IBCPF), Tobias Maag, que esteve em Manaus recentemente participando da Semana Nacional de Educação Financeira (Enef). Em conversa com +DINHEIRO, ele, que veio também com a proposta de divulgar esse serviço ainda pouco conhecido no Norte do País,  explica que um planejamento bem feito é o primeiro passo para realizar sonhos e objetivos de vida, seja quais forem.

“O que fazemos é auxiliar as pessoas a gerirem a construção, a manutenção e a distribuição de seu patrimônio. Independente da quantia que se tenha, a vida da pessoa muda porque ela  passa a fazer as coisas de uma forma consciente, organizada e passa a saber para onde está caminhando” .

Segundo Tobias, o papel do planejador antecede a etapa de coaching - treinamento - , por exemplo, e de investimentos em ações ou outros produtos financeiros. “A partir do diagnóstico que é feito é que o profissional define, sempre em parceria com o cliente, os passos para uma vida pós aposentadorias segura, por exemplo”, detalha.

 O processo

Caso a pessoa decida que precisa da ajuda profissional para organizar melhor as finanças, o primeiro passo, segundo o especialista, é o diálogo bem detalhado entre profissional e cliente. “É quando o planejador vai procurar conhecer a pessoas, saber o que ela quer e precisa, e tentar começar a desenvolver um processo de confiança, uma vez que esse trabalho de organização pode levar um tempo. Só então o cliente decide se vai querer trabalhar com aquela pessoa”, conta.

Os próximos passos envolvem um conhecimento detalhado dos dados e objetivos do cliente e uma avaliação de suas condições financeiras. “Em cima desse levantamento, é que o profissional constrói    as propostas e sugere alternativas. O mais importante nesse processo é o feedback:  ir e voltar junto com o cliente, o envolvendo, até que o plano fique adequado”, ensina Maag.

Com as recomendações prontas, é dada início à etapa de execução, sempre em acompanhamento com o planejador financeiro. “O ideal é que seja feita uma avaliação a cada três meses pelo menos, para ver como está indo a execução das ações. Depois de um tempo um acompanhamento a cada seis meses ou mesmo uma vez por ano, dependendo do caso, pode ser o suficiente”, completa Tobias.

Profissional diferenciado no mercado

Diferente de outros profissionais do mercado financeiro, o planejador  financeiro (Certified Financial Planner - CFP®) é um multiespecialista, com visão estratégica e conhecimentos de administração de investimentos, gerenciamento de riscos, previdência complementar, seguros, planejamento financeiro, fiscal e sucessório.  Para estar apto para a função é preciso passar por seis módulos do curso do IBCPF e um rígido exame. “O certificado não é obrigatório, mas tê-lo  é uma tendência entre os profissionais que querem oferecer um serviço  mais personalizado aos clientes, tanto dentro de instituições financeiras quanto no trato individualizado”, observa um dos profissionais certificados em Manaus, Gustavo Tapajós. Além dele,  outros três profissionais  (Eduardo Campos, Carlos Renato Duarte e Rosamarya de Oliveira Coelho) oferecem o serviço na cidade.

   Na avaliação de Gustavo Tapajós, o mais importante para o cliente é se consultar com um profissional qualificado. “A certificação permite que nós possamos traçar as metas necessárias para um futuro tranquilo com responsabilidade e só  a partir daí adequar os produtos às necessidades de cada cliente, nas mais diversas situações”, complementa o especialista.

Publicidade
Publicidade