Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Notícias

Polícia apreende envelope com anotações do dia-a-dia da rival da socialite Marcelaine Schumman

Além do envelope confiscado pela Polícia Civil, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no apartamento da socialite Marcelaine Schumann, uma foto com o empresário Marcos Souto também foi encontrada, entre outros ‘segredos’



1.jpg Marcelaine (ao centro) mantinha diário com dia-a-dia e endereços de Denise (à esq.), vítima da tentativa de homicídio. Uma foto em que beija Marcos Souto (à dir.), pivô do crime passional, também foi encontrada na casa que a socialite dividia com o marido publicitário
09/02/2015 às 12:02

Um envelope com anotações de endereços que indicavam os locais frequentados pela estudante de direito Denise Almeida da Silva, 34, foi confiscado pela Polícia Civil, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no apartamento da socialite Marcelaine Santos Schumann, 36, localizado no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul.

A suspeita é acusada de ser a mandante da tentativa de homicídio contra a universitária e está presa, no presídio feminino, desde o dia 5 de janeiro, quando retornou de férias nos Estados Unidos (EUA).



O mandado foi autorizado pelo Juiz de direito da 3ª Vara do Tribunal do Júri, Luiz Alberto Nascimento Albuquerque, e cumprido na tarde do dia 21 de janeiro por policiais civis lotados na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) sob o comando da delegada adjunta, Geórgia Cavalcante. Na ocasião, o companheiro de Marcelaine, o empresário Edmar Costa, dono de uma das maiores agências de publicidade da capital, e o advogado José Bezerra de Araújo, acompanharam os policiais durante o cumprimento do mandado no imóvel.

Foram apreendidos, em um dos quartos do apartamento, pertences da socialite que estavam guardados em diversas caixas. Entre os objetos estavam uma filmadora e três fitas desta, um aparelho celular, duas máquinas fotográficas, um chip da operadora Vivo lacrado, um micro chip da Claro, uma agenda, uma faca de cozinha ainda na embalagem que foi encontrada dentro da bolsa de Marcelaine, além de um envelope branco contendo informações como nome completo, endereço, placa e modelo do carro de Denise, uma Mercedez Benz. Havia também dados do esposo dela, o advogado Erivelton Ferreira Barreto, 39.

Fotos

Dentro do envelope, a Polícia Civil encontrou duas fotos de Marcelaine com o suposto amante, o empresário Marcos Souto. Em uma fotografias, a suspeita aparece em momento íntimo, dando beijos, e na outra aparentando ser antiga. Todos os pertencentes estavam no apartamento, onde a socialite e o esposo, Edmar Costa, residiam. A mandante teria contratado quatro pessoas, que já estão presas, para matar a estudante de direito, e prometido pagar R$ 7 mil, porém, apenas R$ 4 mil, foram repassados.

Crime teve motivação passional

A estudante de direito Denise Almeida da Silva, 34, foi baleada com um tiro no pescoço, na manhã do dia 12 de novembro de 2014, quando saía de uma academia, localizada no Centro da cidade. Ela foi atingida dentro do próprio veículo, uma Mercedez Benz, de cor branca.

A motivação do crime, segundo a DEHS, seria por ciúmes, pois Marcelaine acreditava que Denise teria uma relação com seu amante. Na delegacia, a vítima negou o envolvimento extraconjugal com o empresário Marcos Souto. Já ele confirmou que conhece as duas e que tinha uma relação de amizade “estreita” com elas, onde afirmava que mantinha um romance com elas.

Depois do crime, segundo a adjunta da DEHS, delegada Geórgia Cavalcante, Marcelaine teria orientado o grupo a mudar de número telefônico e não citar nomes em ligações. Dias antes do ocorrido, ela teria viajado para João Pessoa (PB), para comemorar o próprio aniversário com um amiga, e, após saber que estava sendo investigada, foi para Miami, nos EUA.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.