Publicidade
Cotidiano
Interior do Amazonas

Polícia Civil apreende R$ 70 mil em suspeita de compra de voto em Anamã

Na ação, ocorrida após denúncia de compra de voto, sete pessoas foram presas, sendo cinco funcionários da prefeitura e mais duas pessoas 02/10/2016 às 11:09 - Atualizado em 02/10/2016 às 11:30
Show n anama am vista parcial fotolegislador.aleam.gov.br
O caso ocorreu na tarde de ontem, sábado (1º) (Reprodução)
Joana Queiroz

Uma denúncia de compra de votos no município de Anamã, no interior do Amazonas, levou a Polícia Civil a apreender R$ 70 mil que estavam guardados no gabinete de um secretário municipal. O caso ocorreu na tarde de ontem, sábado (1º) e cinco funcionários da prefeitura e mais duas pessoas foram presas em flagrante.

A ação foi determinada pela juíza Sheila Jordana de Sales da 53ª Zona Eleitoral da Comarca de Anamã, acompanhada da promotora de justiça do município, com apoio dos policias civis e militares, que realizaram busca e apreensão na sede da prefeitura. Na diligência, além dos mais R$ 70 mil foram apreendidos também documentos.

Conforme denúncia recebida, os funcionários da prefeitura do município estavam trabalhando em véspera das eleições municipais e que a prefeitura estava realizando pagamento de seus funcionários. Os presos foram levados para o 81ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), onde foram autuados pelo delegado da Polícia Civil Caio Bruno.

De acordo com a tenente da Polícia Militar Leuriane, que está trabalhando no município, o clima no município é tenso e a polícia está tendo muito trabalho devido o grande número de denúncias que estão chegando e que estão sendo checadas pela polícia. “São muitas as denúncias, a maioria é de compra de voto”, disse a tenente.

Publicidade
Publicidade