Publicidade
Cotidiano
Notícias

Policia Civil reforça buscas por quadrilha especializada em assaltar bancos no interior do AM

Segundo delegado do grupo Fera o nome do estado de origem da quadrilha está sendo mantido em sigilo porque as investigações ainda não cessaram 09/09/2014 às 12:46
Show 1
Bando fugiu com mais de 20 reféns num veículo da marca picape roubada em Goiânia, o que deu pistas para a polícia
Joana Queiroz ---

Investigações policiais que buscam prender os integrantes da quadrilha de assaltantes que, na manhã de segunda-feira passada, 1º, assaltaram a agência do Bradesco da cidade de Apuí, no sul do Amazonas, já conseguiram identificar a origem deles, mas ainda não sabe a identidade dos criminosos, informou nesta segunda-feira (8) o delegado do grupo Fera, Fábio Silva, que participou das buscas e das investigações na cidade de Apuí.

Fábio Silva disse que o nome do estado de origem da quadrilha está sendo mantido em sigilo porque as investigações ainda não cessaram no local. Segundo ele, a polícia do Amazonas já entrou em contato com a polícia desse estado na tentativa de identificá-los e prendê-los. “Nós não conseguimos identificá-los porque estavam mascarados usando bala clava e as vítimas não conseguiram ver os rostos deles”, justificou o delegado.

Interestadual

Fábio informou que se trata de uma quadrilha interestadual especializada em fazer assaltos a bancos em cidades do interior, atuando de preferência em municípios do sul do Amazonas devido a facilidade de fuga pela BR-319. A ação é muito bem planejada, de forma que não seja deixada nenhuma pista. Ele não descarta pelos modus operandis, que seja a mesma que ano passado assaltou o Banco do Brasil no município de Lábrea.

Segundo as investigações, os ladrões levaram mais de um mês planejando a ação. “Eles sabiam que a polícia local não possuía armas pesadas e o tempo que uma tropa levaria de Manaus, para Apuí e planejaram a rota de fuga. Eu acredito que alguns chegaram a ficar na cidade por alguns dias” disse o delegado.

Publicidade
Publicidade