Publicidade
Cotidiano
Notícias

Polícia desarticula laboratório de drogas na Zona Oeste de Manaus

Entre as drogas apreendidas na operação deflagrada pela Força Tarefa está cocaína, maconha e oxi. Antes de ser preso, o traficante Maquito já havia negociado 145 quilos de entorpecentes provenientes de Tabatinga  13/09/2014 às 16:10
Show 1
Maquito foi preso com mais de 15 quilos de drogas em um laboratório na Zona Oeste de Manaus.
Johnny Lima Manaus (AM)

Um laboratório especializado em preparação e embalagem de drogas foi desarticulado pelos investigadores da Força Tarefa, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), na manhã deste sábado (13), na rua João Alfredo, bairro da Paz, Zona Oeste de Manaus. Aproximadamente 15 quilos de drogas foram apreendidos com o traficante Marco Antonio da Silva Athayde, o “Maquito”. Entre os entorpecentes estão cocaína, pasta base, oxi e maconha - entre sementes, skank e palha.

A prisão de Maquito, de 22 anos, ocorreu por volta das 9h deste sábado, no apartamento dele, na rua Gurupi, no bairro Redenção, na Zona Centro-Oeste da capital. De acordo com o comandante da operação, major Klinger Paiva, a prisão aconteceu após dois meses de investigações, depois de o caso ter sido denunciado por meio do telefone do Disk Denúncia 181.

"O denunciante foi bem claro nas informações. Identificamos o suspeito, montamos campana e obtemos sucesso", explicou o major. No apartamento onde morava Maquito foram encontrados algumas porções de cocaína, mas como os investigadores sabiam de outro endereço onde funcionava a fábrica da droga, Marco Antonio resolveu colaborar.


No local a polícia encontrou a maioria da droga, que estava escondida em quatro malas e também espalhadas sobre uma mesa. "A casa era alugada e funcionava apenas para o preparo da droga”, confirmou o major Klinger.

Foram apreendidos aproximadamente 8 quilos de maconha, 2 quilos de Skank, 2 de cocaína, 1 de oxi, 5 de maconha, além cerca de R$ 400 e cinco dólares, duas prensas e apetrechos. Ainda segundo o major Klinger, conforme informações do Marquito, a origem da droga é de Tabatinga.

Dentre os materiais apreendidos estavam uma caderneta onde constava a contabilidade com os clientes do tráfico, com aproximadamente 145 quilos de drogas negociadas. Marco Antônio foi encaminhado para o 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste, onde foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e será encaminhado ainda hoje para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

Publicidade
Publicidade