Sábado, 24 de Agosto de 2019
Notícias

Polícia orienta donos de bares e casas de show sobre a 'Lei Seca'

A medida obedece portarias assinada pelo Tribunal Regional Eleitoral e Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, no último mês de setembro deste ano



1.jpg A “Lei Seca” determina a proibição da comercialização de bebidas alcóolicas a partir das 18h do sábado (4) até as 22h do domingo (5).
04/10/2014 às 21:58

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou na noite desta quinta-feira (2) a continuação da operação “In Vigilando”, que contou com a participação das delegacias de policia da capital e teve o intuito de orientar a população, donos de bares e casas de shows sobre a “Lei Seca”.

Aproximadamente 100 policiais, entre eles delegados, investigadores, escrivães e integrantes do Grupo Forças Especiais de Resgate e Assalto (FERA), foram às ruas na noite de ontem. A “In Vigilando”, expressão em latim que faz referência a vigilância, foi realizada pela primeira vez no último sábado (28).

O Diretor de Polícia Metropolitana (DPM), e coordenador da operação, Delegado Emerson Negreiros, explica as penalidades para aqueles que infringirem a “Lei Seca”. “As pessoas que forem pegas comercializando bebidas alcoólicas durante o período eleitoral serão autuadas por crime de desobediência. Mas esperamos que a população seja consciente e não descumpra a lei”.

As equipes de policiais civis percorreram os estabelecimentos comerciais e bares fortalecendo a aplicação da “Lei Seca” durante o período eleitoral. E também para conscientizar os moradores sobre a operação que será deflagrada no próximo sábado (4), a partir das 22h.

O comerciante, Hélio Oliveira, 44, dono de um mercadinho no bairro Santo Antônio, considerou a iniciativa positiva. “Na época da eleição o povo já sabe: é ‘Lei Seca’. A tolerância vai ser zero para a bebida no sábado. Eu já me planejei para suspender uma hora antes às vendas”, ressaltou.

Os Policiais Civis também percorreram alguns becos dos bairros daquela área que possuem grande movimentação de drogas. Para a Titular da Seccional Oeste, Delegada Suely Costa, essa foi uma oportunidade da população verificar a presença do poder público nas ruas e da Polícia Civil garantindo a ordem. 

“Estivemos em alguns becos que são considerados área vermelha, beco do ‘Manel’, Santa Rita, São João, o Brasileia. Em alguns desses locais chegamos a fazer apreensão de drogas e medicamentos. Todo o material vai ser encaminhado para a perícia e nós, com certeza, vamos investigar qual a procedência dele” enfatiza Suely.

Segundo os delegados titulares das Seccionais Sul, Centro-Sul e Centro Oeste, a operação ocorreu tranquilamente, os populares e comerciantes se mostraram receptivos e cientes da necessidade do cumprimento da lei.

Lei Seca

A “Lei Seca” determina a proibição da comercialização de bebidas alcóolicas a partir das 22h do sábado (4) até as 18h do domingo (5).

A medida obedece a Portaria nº 001/2014 e a Portaria Externa 001/2014/SSP, assinadas, em setembro deste ano, pela Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM) e o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). Caso ocorra segundo turno, a proibição também valerá das 00h às 18h do dia 26 de outubro, data que encerra o período de votação.

*Com informações da assessoria de imprensa da PC/AM

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.