Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
Notícias

Polícia retira 70 banhistas que invadiram área interdidata da Ponta Negra, no Réveillon

Cerca de doze policiais da 19ª Cicom tiveram que se mobilizar e escoltar os banhistas do Réveillon até ao anfiteatro da Ponta Negra. Eles ignoraram as placas de isolamento da área proibida. 



1.jpg Banhistas sendo retirados por policiais da Ronda no Bairro, do local interditado da praia
01/01/2013 às 15:40

Aproximadamente 70 banhistas que invadiram a praia interditada da Ponta Negra, durante a Festa de Réveillon, tiveram que ser retirados do local  por policiais militar da 19ª Companhia Interativa Comunitária (19ª Cicom).

O grupo ignorou as placas que isolam a área e entrou no local proibido. Os policiais tiveram que escoltar os banhistas até a área de acesso ao anfiteatro do balneário. Alguns estavam visivelmente embriagados e sem condições de locomover-se.




O estudante  Marcos Lima, 19, disse que sabia que a praia estava interditada, “mas como tudo parecia muito tranqüilo resolvemos desfrutar do local”, justificou.   

 A Praia da Ponta Negra está interdidata desde o mês de novembro de 2012, após os sucessivos afogamentos que ocorreram após a inauguração da “praia perene” em junho do ano passado. 14 pessoas já perderam a vida no local.   

 * Com informações do jornallista Náferson Cruz









Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.