Publicidade
Cotidiano
Notícias

Policiais prendem quadrilha envolvida com roubos em Manaus e Iranduba

De acordo com o delegado responsável pela prisão do bando, Paulo Mavignier, os homens vinham sendo investigados há pouco mais de um mês e o flagrante de hoje foi totalmente planejado pelas equipes de investigação da 31ª DIP e DRCO 12/03/2015 às 19:57
Show 1
Bruno Correa, 18; Sérgio Nascimento, 28; Genilson Silva, 25; e Diogo Barros, 20, foram detidos por volta das 16h30 na Avenida Constantino Nery, zona Centro-Oeste da cidade
acritica.com ---

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), em parceria com o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), prendeu na tarde desta quinta-feira (12), uma quadrilha apontada por envolvimento em diversos furtos e assaltos realizados em Manaus e Iranduba, município localizado a 27 quilômetros de distância da capital.

Bruno Correa, 18; Sérgio Nascimento, 28; Genilson Silva, 25; e Diogo Barros, 20, foram detidos por volta das 16h30 na Avenida Constantino Nery, zona Centro-Oeste da cidade. De acordo com o delegado responsável pela prisão do bando, Paulo Mavignier, os homens vinham sendo investigados há pouco mais de um mês e o flagrante de hoje foi totalmente planejado pelas equipes de investigação da 31ª DIP e DRCO.

“Com base nas investigações tomamos conhecimento de que no início desta tarde eles estariam saindo de Manaus com rumo a Iranduba, onde funciona a base deles. O objetivo da quadrilha era transportar uma carga de materiais roubados daqui de Manaus, mas conseguimos detê-los antes que efetuassem o translado”, informou o titular da 31ª DIP, delegado Paulo Mavignier.

Durante a abordagem os quatro homens confessaram que ainda estavam a caminho do local que servia de esconderijo para os produtos roubados, a casa da mãe de um deles. Ao chegar à residência localizada no bairro São Geraldo, Zona Centro-Sul, policiais civis encontraram seis aparelhos de televisão, um vídeo game, uma arma de fogo calibre 38, R$ 210,00, maços de cigarros, além de um veículo e duas motocicletas.

O local usado para armazenar os roubos era a casa de uma mulher identificada como Joaquina Mota, 59, mãe de Sérgio Nascimento, detido durante a ação. Em depoimento a mulher disse que o filho tem a chave do segundo andar da residência e que ela não sabia que o imóvel estava sendo usado como deposito de aparelhos roubados.

Os infratores foram conduzidos até o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), na sede da Delegacia Geral, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Sul, onde foram autuados pelos crimes de porte ilegal de arma, associação criminosa, favorecimento real, tráfico de drogas e receptação. Eles deverão ser encaminhados a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão a disposição da Justiça.

 *Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade