Publicidade
Cotidiano
PERDA

Portugal decreta três dias de luto em homenagem ao ex-presidente Mário Soares

Ex-presidente de Portugal morreu neste sábado (7) aos 92 anos. Primeiro-ministro de Portugal, António Costa, diz que luto oficial iniciará a partir de segunda-feira 07/01/2017 às 17:12
Show 05703610
Um dos fundadores da democracia portuguesa moderna, Mário Soares foi presidente do país europeu por dois mandatos, de 1986 a 1996 (Foto: Reprodução)
acrítica.com* Manaus (AM)

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, anunciou neste sábado (7) que o governo decretou três dias de luto oficial, a partir de segunda-feira, pela morte do ex-presidente Mário Soares. Será feito um funeral com honras de Estado.

António Costa fez o anúncio em Nova Deli, na Índia, onde faz até quinta-feira uma visita de Estado.

O ex-presidente de Portugal Mário Soares morreu hoje aos 92 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde se encontrava internado desde o dia 13 de dezembro.

Mário Soares encontrava-se internado desde 13 de dezembro, tendo sido transferido no dia 22 da unidade de terapia intensiva (UTI) para a unidade de internação em regime reservado, depois de sinais de melhora no estado de saúde.

No entanto, no dia 24, um agravamento súbito da situação clínica obrigou o antigo chefe de Estado português a retornar à UTI. Em 31 de dezembro, dia da última atualização feita pelo hospital sobre o seu estado de saúde, Mário Soares continuava em “coma profundo”, mas “estável e com parâmetros vitais normais”.

Mário Soares desempenhou os mais altos cargos no país e a sua vida confunde-se com a própria história da democracia portuguesa: combateu a ditadura, foi fundador do Partido Socialista e presidente da República.

Nascido em 7 de dezembro de 1924, em Lisboa, Mário Alberto Nobre Lopes Soares foi fundador e primeiro líder do Partido Socialista português e ministro dos Negócios Estrangeiros após a revolução de 25 de abril de 1974.

Primeiro-ministro entre 1976 e 1978 e entre 1983 e 1985, Soares pediu a adesão de Portugal à Comunidade Econômica Europeia (CEE), em 1977, e a assinar o respetivo tratado, em 1985. Posteriormente, a CEE tornou-se a União Europeia.

Em 1986, Soares ganhou as eleições presidenciais e foi presidente da República durante dois mandatos, até 1996.

*Com informações da Agência Lusa

Publicidade
Publicidade