Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020
COMPROMISSO TROCADO

Posse na Argentina tira Hamilton Mourão de evento em Manaus

Vice-presidente, que receberia nesta terça-feira (10) o título de cidadão do Amazonas, foi escalado por Jair Bolsonaro para representá-lo na posse de Alberto Fernández



hamilton_mourao_CB51B911-33F2-4900-B918-5123ADE639E2.jpg O vice-presidente embarcará ainda esta noite para a capital argentina. Foto: Romério Cunha/VPR
09/12/2019 às 17:28

O vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB), não virá mais à Manaus amanhã (10), conforme o Palácio do Planalto. A terceira visita dele à capital do Amazonas estava programada para ele receber o título de cidadão amazonense da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), marcada para às 16h. No lugar, Mourão irá à Buenos Aires, na Argentina, acompanhar a posse do novo presidente Alberto Fernández e sua vice, Cristina Kirchner.

A princípio, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, é quem iria à posse, mas na tarde desta segunda-feira (9) o presidente Jair Bolsonaro pediu que o general marcasse presença no local, segundo apurou o blog do jornalista Valdo Cruz, na intenção de retomar as boas relações econômicas com o país vizinho.



O vice-presidente embarcará ainda esta noite para a capital argentina, conforme a Presidência. O país é o terceiro principal parceiro das exportações brasileiras, conforme o governo federal. Segundo o Itamaraty, o comércio bilateral chegou a alcançar US$ 26 bilhões em 2018, atrás dos Estados Unidos e China. Essa será a primeira vez, desde 2003, que o presidente da República não irá à posse do novo presidente argentino.

Visitas anteriores

Das duas últimas vezes em que o vice-presidente esteve no Estado, reforçou com empresários, autoridades do Executivo e parlamentares estaduais e federais a prioridade com a recuperação da rodovia federal BR-319. Um ponto divergente, no entanto, foi a não destinação específica de recursos do orçamento para 2020 à obra paralisada. A proposta foi enviada pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional em setembro.

Em fevereiro, uma reunião do ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, com deputados federais e governadores do Norte terminou com a promessa do governo resolver os atuais impasses da obra, rondando em entraves ambientais, principalmente. Um mês depois, Mourão esteve na Fieam e assegurou a prioridade que a rodovia tem na agenda federal. Em maio, ele compareceu num evento militar fechado no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS).

Unanimidade

Na ALE-AM, a solenidade de entrega da comenda para Mourão  estava marcada para às 16h no plenário Ruy Araújo. A autoria do Projeto de Lei que confere o título é do deputado Cabo Maciel (PL). Na justificativa, o parlamentar defendeu que tanto na formação quanto nas experiências obtidas no Exército Brasileiro, “é justo e merecido o reconhecimento”. O documento foi aprovado por unanimidade em votação realizada em outubro.

News nicolas marreco 93b3b368 d59c 4897 83f6 80b357382e56
Jornalista
Formado pela Faculdade Boas Novas. Pós-graduando em Assessoria de Comunicação e Imprensa e Mídias Digitais. Com passagens por outros veículos locais, hoje atua nas editorias de política e economia de A Crítica. Valoriza relatos humanizados e contos provocativos do cotidiano.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.