Publicidade
Cotidiano
NO INTERIOR

Potenciais e entraves turísticos de Humaitá são temas de Audiência Pública

O encontro teve a intermediação da Comissão de Turismo e Empreendedorismo da Assembleia Legislativa do Estado (Ctur/Aleam) 14/05/2017 às 21:01
Show audiencia publica0888
(Foto: Divulgação)
Acritica.com

A promoção do turismo regional, assim como as dificuldades, oportunidades e soluções para o seu desenvolvimento, dominaram as discussões durante uma audiência pública realizada, nesse final de semana, em Humaitá (a 591 quilômetros de Manaus). O encontro teve a intermediação da Comissão de Turismo e Empreendedorismo da Assembleia Legislativa do Estado (Ctur/Aleam), presidida pelo deputado Francisco Souza (PTN). 

Inclusive, é do parlamentar a opinião de que governantes e sociedade se engajem na busca permanente por alternativas que ampliem as chances de um turismo auto suficiente, com aproveitamento de seus recursos naturais e o impulso dos cofres públicos. "Creio que esse seja um canal para o desenvolvimento do interior do Amazonas. Isto porque é do turismo que vem a maior geração de empregos, diretos e indiretos, sendo esse mecanismo o responsável pelo aquecimento de uma economia local", justificou Souza.

Durante os debates, que ocorreram no auditório do campus da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) de Humaitá, empresários da rede hoteleira e demais segmentos, associações de agricultores e artesãos, além da Secretaria de Cultura e Turismo do município, questionaram o papel do Estado e da União na condição de promotores de finanças públicas para as cidades com fortes tendências turísticas. "O que ainda falta para os nossos governantes abrirem os olhos e perceberem o quanto o país perde, e muito, com a falta de investimentos no pólo turístico?", questionou o deputado.

Já a gerente de Programas e Projetos da AmazonasTur, Tina Vasconcelos, defendeu maior infraestrutura e políticas municipais para que o turismo local seja satisfatório, não apenas para os visitantes, mas também para a população. "Inclusive já foi criado o Fundo Municipal de Turismo de Humaitá em uma clara demonstração de que o povo começa a se sensibilizar para os produtos turísticos da cidade. E não só isso: apontar soluções e trabalhar para que as oportunidades sejam viabilizadas", ensinou.

Carta de intenções
Ao final da Audiência Pública, o deputado Francisco Souza propôs a elaboração de uma carta de intenções a ser entregue, em mãos, ao governador David Almeida (Pros), amigo pessoal do parlamentar. No documento, as maiores dificuldades e as possíveis soluções para que o turismo de Humaitá "decole" e passe a gerar renda e emprego a população local.

*Com informações da assessoria.

Publicidade
Publicidade