Publicidade
Cotidiano
Notícias

Prateleiras ‘sem produtos’ preocupam manauaras

Consumidores questionam ausência de vários itens em supermercados locais. Varejistas negam dificuldade em abastecer gôndolas 22/02/2015 às 20:32
Show 1
A rúcula e outros itens do setor de hortifruti estão entre produtos ausentes, segundo consumidores de Manaus. Mamão e tomate também integram a lista
Juliana Geraldo Manaus (AM)

Desde o final do ano passado, o manauara tem observado uma situação atípica nas redes de supermercados da cidade. Muitos itens da lista de compras estão em falta nas prateleiras dos estabelecimentos locais, causando estranheza à população e fazendo com que o consumidor tenha que percorrer um número maior de lojas para preencher a despensa.

De acordo com consumidores ouvidos por A CRÍTCA, não são os produtos da cesta básica, como arroz, feijão ou macarrão que estão ausentes das gôndolas, mas outros itens que compõem a lista de compras de muitas famílias e até mesmo marcas de produtos estão sendo consideradas mais escassas.

Entre os itens notados pela ausência estão cortes de carne como patinho, alcatra, filé de peito de frango de diversas marcas, salsinchas e outros embutidos de marcas específicas.

No setor de hortifruti, foi verificada a falta de itens como batata doce, rúcula, folhas em geral (co m excessão do alface), e até mesmo limão.  Alguns laticínios específicos como o iogurte da marca grego, creme de leite e o próprio leite de algumas marcas também foram apontados como faltosos.

Uma vez que a dificuldade de achar esses e outros itens tem sido verificada, principalmente a partir de janeiro, tanto em grandes redes supermercadistas quanto em lojas mais segmentadas para a classe A e B, o consumidor quer saber: o que  está acontecendo?

Reclamações

O funcionário público, Orlando Medina, 43, contou que há alguns meses tem encontrado dificuldade de achar certos tipos de carne na cidade. “Tenho comprado carne em açougues porque nos supermercados só tenho visto três tipos de corte: acem, coxão mole e bisteca. Não é que falte o produto (carne) como um todo, mas a sensação que temos é de que a variedade disponível é cada vez menor”, observou.

Já a aposentada, Cleonice Alencar, 58, comentou  que tem achado difícil encontrar certos laticínios nas prateleiras. “Um leite de uma marca que eu sempre encontrava, agora não acho mais. O creme de leite de um litro, também está mais difícil. São vários itens. Para o consumidor é péssimo porque além de já termos a preocupação com a pesquisa de preços agora temos que fazer uma verdadeira maratona em vários estabelecimentos para completar a lista de compras”, criticou.

“Estamos enfrentando, sim, um sumiço de produtos. Itens para o lanche das crianças como geleias infantis e certos cortes de frango daqueles que vem em bandejas para facilitar o preparo estão chegando em menor quantidade. Outra situação é encontrarmos apenas uma marca do produto”, emendou  a dona de casa, Jane Feitosa.     

Publicidade
Publicidade