Publicidade
Cotidiano
Notícias

Preço da cesta básica de Manaus se mantém estável em agosto

Custo do conjunto de alimentos essenciais na mesa do manauara teve 0,07% de diminuição em comparação a julho. Item mais caro ainda é a banana 04/09/2015 às 11:19
Show 1
Com resultado, Manaus passa a ocupar a 8ª colocação dentre as 18 capitais pesquisadas pelo Dieese
Vinicius Leal Manaus

O custo da cesta básica de Manaus no mês de agosto apresentou estabilidade no seu preço em comparação ao mês anterior, ficando em R$ 340,59, ou seja, menos 0,07% que o preço de julho, quando o valor da cesta básica custava R$ 340,84.

Os dados foram divulgados hoje (4) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Com o resultado, Manaus passa a ocupar a 8ª colocação dentre as 18 capitais onde é realizada a Pesquisa da Cesta Básica de Alimentos, seguindo definições do Decreto-Lei 399, de 30 de abril de 1938.

O conjunto de alimentos essenciais na mesa do consumidor manauara analisados pelo Dieese é composto por 12 itens: carne bovina, leite, feijão, arroz, farinha de mandioca, tomate, pão francês, café em pó, banana prata, açúcar, óleo de soja e manteiga.

Apesar da cesta básica em Manaus ficar 0,07% mais barata, alguns itens tiveram aumento de preço: a banana prata subiu 5,29% seu preço, a manteiga teve 5,01% de aumento, o leite 1,94%, a carne bovina ficou 0,84% mais cara, o café em pó 0,7%, o pão francês 0,66% e o feijão 0,18%.

Os itens que diminuíram de preço foram o óleo de soja, com a maior redução, de -6,63%; o tomate -4,36%; a farinha de mandioca, -4,29%; o açúcar, -2,06%; e o arroz, com -1,89%.

Valores mensais

No mês todo, comprar 7,5 dezenas da banana prata custou R$ 37,2 e 750 gramas de manteiga custaram R$ 16,78. Já para consumir seis litros de leite no mês, o manauara teve que pagar R$ 18,96, e para 4,5 quilos de carne o desembolso foi de R$ 91,26.

Confira valores dos outros produtos comprados para durar todo o mês: 300 gramas de café custaram R$ 4,32; 6 quilos de pão valeram R$ 45,9; 4,5 quilos de feijão foram R$ 22,68; 3,6 quilos de arroz, R$ 9,36; 3 quilos de farinha valeram R$ 11,37; 12 quilos de tomate custaram R$ 73,68; o açúcar, três quilos para todo mês, valeu R$ 5,7; e 900 ml de óleo custaram R$ 3,38.

Publicidade
Publicidade