Terça-feira, 16 de Julho de 2019
CRESCIMENTO

Preço médio do gás de cozinha 13 kg deve subir para R$ 80 no Amazonas

Aumento ocorre após reajuste anunciado pela Petrobras. No interior do Estado produto pode alcançar valor de R$ 85



g_s_agora_51AAB54F-CC50-4AB5-8396-7EBAE2055BD7.JPG Para o consumidor manauense, a diferença deve ser sentida a partir da próxima segunda (11) (Foto: Jander Robson)
05/02/2019 às 14:14

O preço médio do gás de cozinha no Amazonas deve subir em torno de R$ 2 até a próxima sexta-feira (8), alcançando o valor de R$ 80, seguindo o reajuste anunciado pela Petrobrás ontem (4). O preço praticado atualmente para o P-13, a botija de 13 quilos, é de R$ 78, em média, na capital.

Na maior parte do interior do Estado, o valor deve subir para R$ 85. A informação foi confirmada pela Federação das Empresas Revendedoras de Gás Liquefeito do Amazonas (Fegás) nesta terça (5). O reajuste segue o preço livre de tabelas no País, em que a estatal anuncia por trimestre o reajuste do produto e cada distribuidora define os preços nos estados.

Para o consumidor manauense, a diferença deve ser sentida a partir da próxima segunda (11), apontou o presidente da Fegás, Fernando Feitosa. “A Fogás e a Amazongás, que são as únicas distribuidoras do Estado, ainda estão analisando o reajuste para o Amazonas e esse novo preço deve chegar às revendedoras na sexta. Na segunda-feira, o preço já vai estar vigorando amplamente no atual reajuste”, detalhou.

Na defesa da classe dos revendedores, ele criticou a política tributária do governo em que a margem de lucro dos empresários chega à porcentagem máxima de 12%. Atualmente, 750 empresas e microempresas estão representadas pela entidade, explicou. 

“Na política de reajuste, 60% da receita vai para o Governo, em que os revendedores pagam impostos de entrada e saída do gás, 30% para as distribuidoras e 10% volta como lucro para o revendedor. Esse sistema é abusivo, porque os revendedores ficam reféns das únicas distribuidoras do Estado, mas o comprador final decide em qual revendedor vai comprar. Ou seja, são os empresários e microempresários que sofrem por assumir sozinhos toda a alta do gás”, completou.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.