Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Notícias

Prefeito de Coari contratou pai, mãe, irmãos e cunhados para a administração do município

Parentes do prefeito foram nomeados para cargos com salários que variam de R$ 3 mil a R$ 9 mil. Inspeção do MPE apontou indícios de enriquecimento ilícito de agentes políticos da administração de Coari



1.jpg Igson Monteiro contratou parentes
07/02/2015 às 14:48

O prefeito de Coari, Igson Monteiro (PMDB), que assumiu o comando da prefeitura no dia 8 de fevereiro de 2014, nomeou para cargos de confiança os pais, irmãos e cunhadas dele, com salários que variam de R$ 3 mil a R$ 9 mil. Coari é um município distante a 363 quilômetros de Manaus.

A revelação é feita por reportagem que consta na edição deste domingo (8) do jornal A CRÍTICA que mostra, inclusive, os contracheques de cada um dos familiares do prefeito de Coari e a lista completa com os nomes dos parentes contratados. A edição também está disponível para assinantes digitais.



Após revolta popular que tomou conta de Coari no dia 14 de janeiro, quando residências do prefeito Igson Monteiro foram incendiadas, além da Câmara Municipal ser depredada, motivada, o Ministério Público instituiu uma comissão para investigar irregularidades no município.

Na quarta-feira (4), durante coletiva de imprensa, o procurador-geral de Justiça do Amazonas, Carlos Fábio Braga Monteiro, apresentou o relatório da inspeção que apontou indícios de enriquecimento ilícito de agentes políticos da administração do município.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.