Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Política

Prefeito de Maués é afastado após rombo de R$ 23 milhões na previdência do município

O afastamento de Carlos Góes é imediato e a presidente do Legislativo Municipal, vereadora Ana de' Carli (SD), assume a prefeitura



prefeito.JPG Carlos Góes foi afastado do comando do município. Foto: Arquivo AC
13/12/2016 às 14:16

O mandato do prefeito de Maués, Carlos Góes, acabou antes do Natal. Por 11 votos a 4, ele foi afastado pelos vereadores da Câmara Municipal de Maués, nesta terça-feira (13), durante sessão ordinária. O desvio de R$ 23 milhões do Sistema de Previdência Municipal, mais o não cumprimento de normas legais para transição junto à gestão eleita para 2017-2020, foram os motivos do processo.

O afastamento é imediato e a presidente do Legislativo Municipal, vereadora Ana de' Carli (SD), assume a prefeitura, uma vez que o vice-prefeito eleito na chapa de Góes, Dr. Gute, renunciou ao cargo em 2015. “Em março eu já havia denunciado o rombo na Previdência de Maués. A situação ficou insustentável e os vereadores atenderam os anseios da população que exige um novo momento”, explicou Ana de' Carli.

Após o afastamento, a nova prefeita de Maués comunicou os órgãos públicos, instituições federais, estaduais, e bancos sobre a nova situação jurídica no município e evitar possíveis movimentações financeiras nas contas públicas.

Votaram pelo afastamento do prefeito: Alexandre do Lago Grande (DEM), Neném Arigó (PR), Ana de' Carli (SD), Luiz Carlos Dinelli (PV), Luizinho Canindé (PMN), Zé do Mixito (PSDB), Alesson Perrone (PRB), Rodrigo Bentes (PHS), Martinea Dinelli (PROS), Luiz Rodolfo Puri (PMB) e Zequinha Godim (PT).

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.