Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Notícias

Prefeitura implanta programa para jovens carentes da Zona Leste de Manaus

O objetivo é capacitar os jovens em informática básica e realizar palestras motivacionais, dentro de um processo de inclusão social que prevê o aprimoramento intelectual e a ampliação das oportunidades para inserção no mercado de trabalho



1.jpg A AMA foi criada há nove anos e dispõe de 15 computadores. O curso de informática básica será realizado durante três meses
29/02/2016 às 19:06

A Prefeitura de Manaus realizou nesta segunda-feira (29), na Associação Mão Amigas (AMA), a aula inaugural do curso de informática básica para 80 jovens com idade entre 14 e 20 anos, que moram no bairro Jorge Teixeira e adjacências, na zona Leste da capital amazonense, e vivem em situação de vulnerabilidade e risco social.

A ação, realizada pela Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), faz parte do programa “Seu Encontro com o Futuro”, resultado da emenda parlamentar da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2015 (Art. 73), de autoria do ex-vereador e atual deputado estadual, Bosco Saraiva, destinada ao Programa de Qualificação Técnica Profissional da secretaria, com destaque para a AMA.

O objetivo é capacitar os jovens em informática básica e realizar palestras motivacionais, dentro de um processo de inclusão social que prevê o aprimoramento intelectual e a ampliação das oportunidades para inserção no mercado de trabalho.

Acompanhado do titular da Semtrad, David Reis, e do representante do prefeito Artur Neto e atual presidente regional do PSDB, Mário Barros, Bosco destacou o esforço da prefeitura e dos próprios vereadores em fazer com que os recursos públicos cheguem às comunidades carentes e possam beneficiar o maior número de pessoas possível.

“É fundamental que o poder público ofereça oportunidade a essas pessoas. Devemos tudo isso à parceria com a Semtrad, com o envolvimento de ONGs sérias como a AMA e a mão importante do prefeito”, destacou o parlamentar, diante de aproximadamente 120 pessoas, que ocuparam todo o espaço do auditório da associação.

David Reis ressaltou que a meta é buscar novos recursos para que esse tipo de ação possa beneficiar também outros bairros carentes. O secretário fez questão de acompanhar os alunos dentro da sala de aula e frisou que todos possuem condições de se transformar em candidatos fortes para o mercado de trabalho.

“Vocês precisam sonhar e acreditar no potencial que cada um de vocês possui”, disse David Reis.   

Oitenta pessoas estão matriculadas e mais 30 foram inseridas no cadastro reserva.

Palestras

Ao todo serão realizadas 12 palestras de cunho socioeducativo, com a participação de 600 comunitários: O mal que as drogas ocasionam; Rebeldia Familiar; Vínculos Familiares; Educação e Trabalho; Bulling; Respeito; Direitos e Deveres (ECA); Violência; Orientação Sexual; Autoestima; Ética e Saúde.   

Estrutura

A AMA foi criada há nove anos e dispõe de 15 computadores. O curso de informática básica será realizado durante três meses. Entre os beneficiados está José Ferreira, 13, que cursa o nono ano do ensino fundamental e jamais sentou na frente de um computador. O adolescente não escondia a ansiedade de começar logo o curso e compartilhava isso a todo instante com a mãe, dona Altamira Jaramilo.

“É uma grande chance para quem não pode pagar”, reconheceu a dona de casa.

*Com informações da assessoria de imprensa

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.