Publicidade
Cotidiano
Notícias

Premiê francês faz apelo para ações sobre refugiados após foto de menino morto

Imagem de bebê sírio de três anos morto por afogamento correu e chocou mundo. Corpo da criança foi encontrado em uma praia do balneário turco de Bodrum 03/09/2015 às 09:18
Show 1
Soldado turco carregando corpo de menino morto em Bodrum, na Turquia
Andrew Callus (Reuters) Paris

O primeiro-ministro da França, Manuel Valls, disse que as imagens de um menino sírio morto por afogamento em uma praia turca mostram a necessidade de ação urgente da Europa na crise migratória.

"Ele tinha um nome: Alyan Kurdi. Ação urgente é necessária - uma mobilização da Europa inteira é urgente", escreveu Valls em sua conta no Twitter nesta quinta-feira.

A foto do menino curdo de três anos de idade morto em uma praia do balneário turco de Bodrum se espalhou pelas redes sociais na quarta-feira e gerou indignação perante a inação de nações em ajudar os refugiados.

Sua família tentava imigrar para o Canadá após fugir da cidade de Kobani, disse um de seus parentes a um jornal canadense nesta quinta-feira.

Itália, França e Alemanha assinaram um documento conjunto pedindo pela revisão das atuais regras da União Europeia sobre garantia de asilo e uma distribuição "justa" de imigrantes no bloco, informou o Ministério das Relações Exteriores da Itália na quarta-feira.

Publicidade
Publicidade