Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
Notícias

Presidente da ALE-AM solicita a reativação do posto da Alfândega em Tabatinga

Desativado desde 2012, o posto alfandegário ajudaria no controle do fluxo de mercadorias naquela região. Pedido de reativação foi enviado à Receita Federal



1.jpg Segundo o deputado Josué Neto, o encerramento das atividades da alfândega tem causado prejuízos ao comércio local
16/12/2015 às 10:58

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), deputado Josué Neto (PSD), solicitou à Receita Federal no Amazonas que reative o posto alfandegário do porto de Tabatinga para que haja controle do fluxo de mercadorias naquela região.

A Alfândega do Porto Fluvial de Tabatinga foi desativada em 2012 em razão de uma quebra de contrato entre o Governo Federal e o Estadual. O porto era de responsabilidade do Estado e depois que passou para a União, o sistema alfandegário caiu automaticamente.



Segundo Josué, o encerramento das atividades da alfândega tem causado prejuízos ao comércio local, afetando inclusive a população, já que Tabatinga está situada na região da tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru, e é um corredor de entrada e saída de mercadorias nacionais e estrangeiras, gêneros alimentícios, materiais de construção civil e industrializados.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.