Publicidade
Cotidiano
EVENTO

Presidente da executiva dos Livres participa de conferência sobre o liberalismo nos EUA

O jovem ativista Julio Lins contou que está entusiasmado e honrado por ter sido convidado para participar novamente do evento, onde no ano de 2016 recebeu um prêmio 03/03/2018 às 09:52 - Atualizado em 04/03/2018 às 10:46
Show julio
Lins é o representante da delegação brasileira no ‘50 Top Global Leardship Retreat’ (Foto: Divulgação)
acritica.com* Manaus (AM)

O presidente da Executiva Estadual do Movimento Livres no Amazonas, Julio Lins, participa e representa o Brasil na maior conferência mundial sobre o liberalismo, em Washington. O LibertyCon 2018 começou no dia 2 de marco e reúne as principais lideranças do movimento liberal de todos os países. 

O evento está sendo realizado no hotel Marriott Wardman Park, em Washington. O jovem ativista contou que está entusiasmado e honrado por ter sido convidado para participar novamente do evento, onde no ano de 2016 recebeu o prêmio de ‘Estudante do Ano’ pelo Students for Liberty (Estudantes pela liberdade). 

Students for Liberty é a maior rede estudantil do mundo, que está presente em 120 países e conta com mais de 2.000 coordenadores em um número superior a 100.000 estudantes integrados á rede diretamente. “Fico feliz em voltar ao evento que me deu um prêmio em 2016. Fui selecionado por causa da minha luta no Brasil e principalmente no meu estado, no Amazonas, pelo livre mercado e pela liberdade”, disse. 

Além de participar de palestras com personalidades renomadas no movimento liberal mundial como o ex-ministro da Estônia Marc Laar, Julio Lins também vai ministrar em um painel sobre “O que tem acontecido na luta global pela liberdade”. “Vou ter a oportunidade de compartilhar um pouco da minha luta pela liberdade no Brasil. Essa troca de experiência é muito importante para todos nós”. 

Lins é o representante da delegação brasileira no ‘50 Top Global Leardship Retreat’, que reúne os 50 principais lideres do Students for Liberty no mundo. “É uma espécie de retiro com as 50 lideranças do mundo todo. Tem cinco pessoas do Brasil aqui e eu sou o único amazonense. Me sinto honrado em participar desse evento onde vou aprender mais com essas personalidades e ainda mais por ser um dos representantes do meu País”, disse.

*Com informações de assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade